Dia Nacional do Congregado Mariano é celebrado na Paróquia São Pio X

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Neste domingo, dia 15 de maio, as Congregações Marianas da Arquidiocese de Juiz de Fora se reunirão na Paróquia São Pio X para participar de uma comemoração do Dia Nacional do Congregado Mariano.

Com o tema “Sob o olhar atento de Maria devemos caminhar juntos como irmãos”, o evento terá início às 7h, com Santa Missa, seguido de reza do Ofício e Momentos Marianos. No encerramento, haverá um almoço para todos os congregados.

A Paróquia São Pio X fica na Rua Dr. Walter Nascimento Campos, 20 – Ipiranga.

Histórico das Congregações

As Congregações Marianas tiveram início em 1563, quando o jesuíta Pe. Jean Leunis começou entre os alunos do Colégio Romano, em Roma, um sodalício (grupo) cujos membros se distinguiam por uma vida cristã e mariana fervorosa e pela prática de diversas formas de apostolado.

Enquanto as Congregações Marianas se espalhavam rapidamente pelo mundo, sobretudo nos Colégios da Companhia de Jesus, a Congregação Mariana do Colégio Romano foi erigida canonicamente, em 1584, pela Bula “Omnipotentis Dei” do Papa Gregório XIII, com o título de “Prima Primaria” (a primeira). A ela passaram a ser agregadas até 1967, as diversas Congregações de todas as partes do mundo, as quais podiam participar dos mesmos benefícios espirituais que lhe haviam sido concedidos pela Sé Apostólica.

Em sua longa história, as Congregações Marianas, como verdadeiras “escolas vivas de piedade e vida cristã operante” (BS, 16; ver também BS, 12), deram, até o presente, à Igreja, pelo menos 62 santos canonizados e 46 beatos, 22 fundadores de Institutos Religiosos, mártires, missionários e leigos de vida cristã exemplar. De 1567 até agora, entre os 31 Papas que ocuparam a Cátedra de São Pedro, 25 eram Congregados Marianos, inclusive o Beato Papa João Paulo II que, aos 14 anos, foi membro-fundador de uma Congregação Mariana, em sua cidade natal, Bento XVI que se consagrou na Congregação Mariana Masculina de Regensburg, e, no mês da celebração dos 450 anos da fundação das Congregações Marianas, a Igreja elegeu Sumo Pontífice, o Congregado Jesuíta, Papa Francisco.

Atualmente, na Arquidiocese de Juiz de Fora existem sete congregações Marianas: São Mateus, Santa Cecília, Dom Bosco, Santa Luzia, Ipiranga, Santa Rita de Cassia, Benfica e São Mateus. Elas constituem a Federação de Juiz de Fora e seu Diretor Espiritual é o Padre Geraldo Dondice.

Fonte: Site do Regional Sul 2

Veja Também