Coronavírus: número de padres diocesanos positivados chega a 1,3 mil no BRASIL; doença já vitimou 65

0

A Comissão Nacional de Presbíteros (CNP), vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), divulgou nessa terça-feira, 2 de março, o número de padres diocesanos do Brasil acometidos pela Covid-19. O levantamento, realizado em fevereiro, traz a confirmação de 1390 positivados e 65 mortes, totalizando 1455 casos da doença. Os dados, apresentados pela CNP, foram consolidados com base em consultas aos regionais da CNBB.

Conforme o balanço, o Regional Sul 1 da CNBB, que compreende o Estado de São Paulo, é o que mais contabiliza infecções de padres por Covid-19 (168). Com relação ao número de mortes, o Regional Leste 1, que corresponde ao Estado do Rio de Janeiro, e o Regional Norte 2, que compreende os Estados do Pará e Amapá, são os que mais contabilizam óbitos, ambos com 12 cada.

Em segundo lugar, por número de infecções, o Regional Centro-Oeste, que abrange o Goiás e o Distrito Federal, registra 136 casos positivados. Já com relação ao número de mortes, o Sul 1 também fica em segundo lugar com o número de sete óbitos.

Ocupando o terceiro lugar, por número de infecções, está o Nordeste 2, que abrange os Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Pernambuco (130). Levando em consideração o número de óbitos, em terceiro lugar, estão os regionais Norte 1 (Amazonas e Roraima), Nordeste 2, e Leste 2, ambos com 5 óbitos cada.

Confira aqui o balanço da CNP na íntegra.

Episcopado Brasileiro

No episcopado brasileiro, a Covid-19 também tem feito vítimas. Desde o início da pandemia no país, três bispos já tiveram o óbito confirmado pela doença. O caso mais recente foi o do arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheid, que faleceu no dia 13 de janeiro.

Além dele, dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE), faleceu em 18 de julho, aos 57 anos de idade. Dom Aldo Pagotto, arcebispo emérito da Paraíba, também teve o óbito confirmado pela doença. O bispo faleceu em abril, aos 70 anos de idade.

Pan-Amazônia

Como acontece toda semana, a Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM, tem lançado o informe semanal que recolhe os números da Covid-19 na Pan-Amazônia. Até 1º de março de 2021, segundo os números oficiais, os casos já chegaram em 2.174.226 e os falecidos são 53.983 desde o início da pandemia.

Na última semana, na Região Pan-Amazônica, o aumento dos casos foi de 60.003 e os óbitos foram 1.535. Comparando os números com a semana anterior, vemos que tanto os contágios como os falecidos têm se reduzido mais de 25%.

No Regional Norte 1 da CNBB, o número de casos é de 366.400 e os óbitos 11.598. Nos últimos sete dias, nas dioceses e prelazias que fazem parte do Regional Norte 1, os casos foram 11.269 e os falecidos chegaram em 427. Mesmo sendo uma situação grave, com uma média de 61 falecidos por dia e 1.609 casos a cada 24 horas, os números vão descendo nos últimos dias.

*Fonte: Site da CNBB

Conteúdo Relacionado
X