Comunidade Santa Teresa D’Ávila celebra padroeira

Santa Tereza Dvila
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No dia 15 de outubro, os católicos celebram Santa Teresa D’Ávila. Na comunidade que recebe o nome da santa, pertencente à Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Benfica), haverá programação especial.

Nos dias 11, 13 e 14 será realizado tríduo preparatório, e as celebrações serão sempre às 19h30. Para o dia 15, dia dedicado à padroeira, está programada uma missa festiva às 19h. No sábado, dia 11, haverá funcionamento de barraquinhas.

A Capela Santa Teresa D’Ávila fica na Rua João Ribeiro de Novais, s/nº – Vila Esperança I.

Santa Teresa D’Ávila

*Com informações do site cancaonova.com

Santa Teresa de Ávila, conhecida como Santa Teresa de Jesus, nasceu em Ávila, na Espanha, em 1515 e foi educada de modo sólido e cristão, tanto assim que, quando criança, se encantou tanto com a leitura da vida dos santos mártires a ponto de ter combinado fugir com o irmão para uma região onde muitos cristãos eram martirizados; mas nada disso aconteceu graças à vigilância dos pais.

Aos vinte anos, ingressou no Carmelo de Ávila, onde viveu um período no relaxamento, pois muito se apegou às criaturas, parentes e conversas destrutivas, assim como conta em seu livro biográfico.

Certo dia, foi tocada pelo olhar da imagem de um Cristo sofredor, assumiu a partir dessa experiência a sua conversão e voltou ao fervor da espiritualidade carmelita, a ponto de criar uma espiritualidade modelo.

Santa Teresa deixou-nos várias obras grandiosas e profundas, principalmente escritas para as suas filhas do Carmelo: “O Caminho da Perfeição”, “Pensamentos sobre o Amor de Deus”, “Castelo Interior”, “A Vida”. Morreu em Alba de Tormes na noite de 15 de outubro de 1582 aos 67 anos, e em 1622 foi proclamada santa. O seu segredo foi o amor. Conseguiu fundar mais de trinta e dois mosteiros, além de recuperar o fervor primitivo de muitas carmelitas, juntamente com São João da Cruz. Teve sofrimentos físicos e morais antes de morrer, até que em 1582 disse uma das últimas palavras: “Senhor, sou filha de vossa Igreja. Como filha da Igreja Católica quero morrer”.

No dia 27 de setembro de 1970 o Papa Paulo VI reconheceu-lhe o título de Doutora da Igreja. Santa Teresa de Ávila é considerada um dos maiores gênios que a humanidade já produziu.

Outras informações:

Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Benfica): (32) 3222-1266

Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Veja Também