Com programação estendida, Romaria do Terço dos Homens abre inscrições para 2020

0

A Romaria do Terço dos Homens já abriu inscrições para a edição de 2020. A peregrinação é a maior entre as acolhidas pelo Santuário Nacional de Aparecida (SP), contando com representantes de todos os estados do Brasil. Só na edição deste ano, por exemplo, cerca de 80 mil homens participaram das atividades. Por este motivo, também no próximo ano, a programação ganhará mais um dia, se iniciando na sexta-feira, dia 14 de fevereiro, e se encerrando no domingo, dia 16.

O formulário para inscrição dos grupos está disponível até o começo de fevereiro de 2020 no site do evento www.a12.com/tercodoshomens. O coordenador deve inscrever gratuitamente seu grupo, indicando o número de participantes e os dias em que os membros estarão presentes.

Na mesma área, diáconos, padres e bispos que acompanham o Terço dos Homens em suas paróquias e dioceses também devem se inscrever para a concelebração das missas da Romaria. Assim como os grupos, os religiosos devem indicar datas e horários das celebrações em que estarão presentes. Mesmo com a inscrição, antes de cada missa, será preciso apresentar a carteirinha clerical na Secretaria de Pastoral do Santuário para acessar o espaço reservado aos concelebrantes.

Embora o número de clérigos que acompanham os grupos de Terço seja grande, os leigos formam a maior parte do movimento. “O Terço dos Homens, que está acontecendo de maneira tão maravilhosa neste Brasil, é um movimento de iniciativa do laicato, com o apoio entusiasta do clero, dos bispos e diáconos da Igreja. O Terço dos Homens é uma bênção para a Igreja, uma bênção para a família”, afirma o Referencial para o Terço dos Homens e Arcebispo de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira.

Ainda segundo o arcebispo, mais de um milhão e quinhentos mil homens participam do movimento em todos os estados do Brasil. Nos lugares aonde o Terço dos Homens ainda não é uma realidade, o Santuário Nacional disponibiliza por meio do portal A12.com orientações para a implementação de grupos e subsídios para as orações. Mensalmente, o reitor do Santuário Nacional também envia cartas aos grupos com reflexões sobre espiritualidade.

*Fonte: A12.com

Conteúdo Relacionado
X