Cerimônias de Beatificação são adiadas por causa da Pandemia

0

As cinco cerimônias de Beatificação programadas para maio e junho deste ano, pela Congregação das Causas dos Santos, foram adiadas para uma data a ser definida por causa da pandemia de coronavírus. A notícia foi divulgada pelo Prefeito do Organismo Vaticano, Cardeal Angelo Becciu que ao Vatican News falou de “um grande sofrimento, sobretudo para as comunidades eclesiais que se preparavam para a grande festa do povo”. “É difícil pensar numa ‘adaptação’ simplesmente por streaming, teria sido um retrocesso”, observou o responsável do dicastério, enfatizando que “o processo de Beatificação começa do povo, da aclamação que testemunha a ‘fama de santidade’ da pessoa, ou seja, a opinião comum do povo segundo o qual a vida do novo beato era rica de virtudes cristãs, fecundidade apostólica e morte edificante”.

O prefeito: “Não se excluem outros adiamentos”

Uma decisão sofrida, mas necessária por causa das precauções a serem tomadas na Fase 2 da luta contra a epidemia e partilhada pelas comunidades locais e pela Santa Sé. “Foram as comunidades diocesanas, considerada a situação e o prolongamento das condições que proíbem as reuniões populares, que pediram para adiar as celebrações, embora com grande desagrado”, disse o cardeal Becciu. “Quando na Igreja local se celebra uma beatificação há uma grande participação popular, milhares e milhares de pessoas, com a necessidade de uma preparação minuciosa, sobretudo espiritual, a fim de redescobrir a figura do novo beato ou mártir”, frisou o purpurado. Numa situação de isolamento e distanciamento físico, obviamente, isso é extremamente difícil. “Eis porque a decisão de adiar solicitada pelos bispos e partilhada pela Santa Sé. Por enquanto, cinco beatificações foram adiadas. Não se excluem outros adiamentos. Acompanhamos a evolução da pandemia e as medidas relacionadas a ela”, sublinhou o prefeito da Congregação das Causas dos Santos.

Fonte: Site do Vatican News

Conteúdo Relacionado
X