CELAM: Pastoral dos Povos Indígenas e dos Direitos Humanos

0

O Departamento de Cultura e Educação do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM convocou, de 5 a 9 de novembro, os Bispos e Secretários das Comissões Episcopais para participarem do Seminário Latino-Americano sobre a Pastoral dos povos indígenas da América Latina.

Necessidade de consolidar processos pastorais

“Conscientes da necessidade de consolidar processos pastorais para melhorar a vida dos povos indígenas da América latina – anunciam os Organizadores – um grupo de 25 pessoas entre Bispos, sacerdotes, religiosas e leigos irão se encontrar em Bogotá, na Colômbia, para assumir critérios iluminadores à luz da Palavra de Deus e do Magistério Universal que possam dar frutos à linhas de ação de acordo com as realidades das comunidades”.

Magistério da Igreja e intercâmbio pastoral

Os participantes, provenientes de 12 países latino-americanos, concentram seus trabalhos na análise da realidade social, econômica, política, cultural e religiosa dos povos nativos a partir do intercâmbio de experiências pastorais, à luz do Magistério de São Pio X, São João Paulo II, o Papa emérito Bento XVI e o Papa Francisco.

Terão como base os documentos das Conferências Gerais do Episcopado Latino-Americano e do Caribe de Puebla, Santo Domingo e Aparecida. Espera-se que a partir do Encontro surjam propostas pastorais a serem desenvolvidas nas Conferências Episcopais, Seminários em favor dos povos indígenas.

Encontro sobre a Pastoral dos Direitos Humanos

No mesmo período, ou seja, de 5 a 9 de novembro, o Departamento de Justiça e Solidariedade do CELAM e Cáritas América Latina organizam um Encontro denominado “Pastoral dos Direitos Humanos”, por ocasião dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e a recente canonização de Dom Oscar Romero.

A sede do Encontro será também em Bogotá e contará com a participação de 35 pessoas de 13 países, tendo como objetivo refletir sobre o papel da Igreja no processo de acompanhamento das comunidades para que seus direitos sejam reconhecidos e respeitados. Todos os trabalhos serão inspirados nos documentos de Aparecida.

Temas e ações para o futuro

Este encontro se concluirá com um trabalho que definirá as linhas de ação que a Cáritas América Latina e Caribe e o Departamento de Justiça e Solidariedade do CELAM empreenderão entre os anos 2019 e 2023. Entre os temas se destacam: a análise da situação dos Direitos Humanos na América Latina e Caribe; o balanço a ser apresentado pelo Cardeal Baltazar Porras sobre a realidade dos Direitos Humanos na Venezuela; a orientação sobre os fundamentos doutrinais da pastoral dos Direitos Humanos; as experiências de acompanhamentos das vítimas; e as reflexões sobre a Declaração dos Direitos Humanos 70 anos depois.

*Fonte: Site do Vatican News

Conteúdo Relacionado
X