Casa Bethânia completa 10 anos em Juiz de Fora

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A Casa de Passagem e Acolhimento Bethânia, em Juiz de Fora (MG), completou nessa quarta-feira, dia 24 de outubro, dez anos de fundação. Durante esse tempo, o local já hospedou cerca de 14 mil pessoas e atendeu mais de mil passantes, que utilizam as instalações para lanches e descanso.

A criação da instituição foi a realização do sonho do Padre David José Reis, antigo pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário e Capelão do Hospital Oncológico. Durante mais de 15 anos, o sacerdote recebeu, na Casa Paroquial, no Bairro Granbery, pessoas em estado de vulnerabilidade, oriundas de outras cidades que, em Juiz de Fora, faziam o tratamento do câncer.

A cada dia, ele via crescer a necessidade de se ter um local apropriado para acolher os pacientes. Estes ficavam em locais inapropriados, aguardando o tratamento ou esperando a condução que os levariam de volta para suas cidades, sem ter sequer um local para descansar e fazerem suas refeições.

O sonho tornou-se realidade em outubro de 2008, com o apoio e dedicação de um grupo de pessoas que, doando seu tempo, propiciam, até hoje, um pouco de dignidade aos pacientes em sua luta contra o câncer. Em entrevista à Rádio Catedral, Padre David, atual diretor da Casa Bethânia, contou que o encaminhamento à instituição é feito pelos hospitais oncológicos do município.

“A Casa Bethânia se mantém pela providência de Deus, que passa pela generosidade de muitas pessoas. Nós temos um quadro mensal de contribuintes e algumas ofertas espontâneas e doações de um modo geral. Há também festival de prêmios e rifas para complementar as nossas necessidades”, ressaltou o sacerdote.

O serviço oferecido é totalmente gratuito e executado por uma equipe de mais de 50 voluntários e três funcionários. Padre Davi finaliza lembrando que a Casa Bethânia é um trabalho que representa a presença e ação da Igreja em favor dos mais necessitados e vulneráveis, ainda mais em um momento frágil de doença. “Nas circunstâncias em que nós vivemos, em que as pessoas pobres são muito penalizadas por várias situações, penso que esse serviço é, na verdade, uma presença do amor incondicional de Jesus Cristo pelas pessoas, sobretudo pelas mais simples e necessitadas”.

A Casa Bethânia é uma entidade mantida pela Associação Angélica Lamóia de Carvalho – uma Associação Civil, de caráter beneficente, sem fins lucrativos ou político-partidária. Atualmente conta com uma sede na Rua Santos Dumont, 112, no Bairro Granbery. É dirigida por uma Diretoria Administrativa e Conselhos Geral e Fiscal. É registrada no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e considerada de Utilidade Pública Municipal – através da Lei Municipal nº 11.995, de 31 de março de 2010, da Prefeitura de Juiz de Fora e de Utilidade Pública Estadual, nº 20.181, de 8 de maio de 2012.

*Colaboração: Fabíola Castro
**Com informações de: bethaniacasadepassagem.org.br

Veja Também