Capelania Santa Maria Eufrásia é criada e padre José Domício toma posse como seu primeiro Capelão

0

No último domingo, dia 7 de abril, aconteceu a instituição da Capelania Santa Maria Eufrásia e a posse de seu primeiro capelão, Pe. José Domício, na capela Santa Maria Eufrásia, nas dependências do Instituto Padre João Emílio. A celebração foi presidida pelo Monsenhor Luiz Carlos e concelebrada pelo diretor-tesoureiro, Padre Liomar Rezende de Moraes.

Na ocasião, muitos fieis estiveram presentes para dar boas-vindas ao padre, a eles foi explicado quais mudanças ocorrem a partir daquele momento. Com a criação da Capelania, o vínculo com a paróquia Bom Pastor se finda e a capela e, por conseguinte, o Instituto João Emílio passam a ter um padre dedicado exclusivamente ao local, para atendimento de confissões, orientações e celebrações eucarísticas.

Segundo Monsenhor Luiz Carlos, um dos grandes ganhos é a comunidade se organizar para atender ao Instituto, “é um momento bonito, um momento de alegria, esse lugar é um lugar que a arquidiocese olha de modo muito especial, é um local sagrado, onde a caridade é exercida de forma muito bonita, muito forte”, afirmou ele.

Na homilia, Monsenhor falou da importância de comunhão e missão. Para fundamentar seu ponto, lembrou a todos da importância do tempo da quaresma, tempo de oração e comunicação com Deus. Afirmou que a conversão é um processo, “devemos viver mais para o amor, escolher penitencias que nos levam a Deus, a ajudar o próximo, a caridade”, pontou o sacerdote.

Contou ainda o que vivenciou em Brumadinho, em sua vista missionária recente. “Lá as pessoas falavam, ‘o que nos sustenta é a certeza de que Deus está aqui’, vemos a necessidade de estar em comunhão com o Pai”, relatou ele. Além disso, fez votos de muitas bênçãos ao início do novo trabalho do padre José Domício.

Padre José Domício falou em entrevista de suas expectativas em sua nova caminhada, “Estou com alegria, como Abraão na expectativa do que há de vir, mas na esperança do apoio da comunidade, também do trabalho com o Instituto e sobretudo me colocando a serviço da arquidiocese nessa missão que Dom Gil está confiando a mim.

O rito de posse foi realizado e ao final da solenidade o novo capelão tomou a palavra para fazer alguns agradecimentos especiais, aos locais onde passou, ao seu novo desafio, ao Instituto e aos presentes. “Estou feliz e com medo, a Sagrada Escritura está cheia de momentos assim, não é?”, revelou o padre.

Nos recados paroquiais as mudanças vindas com a chegada de seu capelão foram vistas. A partir de então a agenda semanal é constituída de missas de segunda-feira à sábado, às 7h e aos domingos, às 8h. Nessa primeira semana haverá ainda confissões após as missas, basta procurar o padre ao termino da celebração.

Após a celebração, todos os presentes foram convidados para um café da manhã no Instituto.

Conteúdo Relacionado
X