Campanha pede devolução de peças e imagens sacras em Santos Dumont/MG

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A Paróquia São Miguel e Almas, de Santos Dumont/MG, em parceria com a Divisão de Patrimônio Cultural da cidade, promove, desde fevereiro de 2013, a Campanha “Dai a Deus o que é de Deus”. O objetivo é conscientizar antigos moradores da região, que teriam recebido doações de objetos sacros e imagens à época da reforma da Matriz, na década de 1960, para que devolvam tais peças.

Os objetos repassados à população faziam parte da antiga decoração da igreja, dentre eles imagens de santos, anjos, fotos, móveis, chaves, Cálices e até mesmo o lustre do templo. Até agora, já foram devolvidos ornamentos em madeira e algumas imagens, dentre elas as de Santo Antônio, Sagrado Coração de Maria, Nossa Senhora da Piedade e Nossa Senhora do Carmo (fotos).

De acordo com o administrador paroquial, Pe. João Paulo Teixeira Dias, atualmente, o objetivo maior é encontrar a antiga imagem de São José, que ficará no altar-mor juntamente com as do Sagrado Coração de Maria e São Miguel.  “Procuro visitar e conversar com as famílias, mostrando que, durante quase 40 anos, elas foram guardiãs dos objetos, mas que agora eles devem retornar à igreja”, afirma.

Para uma das coordenadoras da Campanha, Ana Maria Marques Dias, que trabalha da Divisão de Patrimônio Cultural de Santos Dumont/MG, a iniciativa é importante, pois resgata não só a história da comunidade católica, mas também de todo o povo sandumonense, uma vez que o papel da Igreja foi fundamental para a formação da cidade. “Os fundadores da cidade foram os responsáveis pela vinda da imagem de São Miguel que até hoje está na Matriz, e em torno da Igreja surgiu o arraial que de origem ao município”, destaca.

Ana Maria ainda afirma que um povo que não valoriza o passado é um povo sem memória. “A história é dinâmica, a todo momento temos um fato novo que suplanta o ‘ontem’, e se não buscarmos preservá-la seremos um povo sem memória. O presente pode e deve manter um diálogo com o passado, só assim futuras gerações terão base para construir o amanhã”.

Aqueles que ainda guardam peças sacras pertencentes à antiga Matriz São Miguel e Almas, podem devolvê-las na secretaria paroquial. O endereço é Praça Cesário Alvim, 49, Centro. Ao retornarem à igreja, todas serão incorporadas ao espaço da Matriz, incluindo altares e salões. 

 

Outras informações:

Paróquia São Miguel e Almas – Santos Dumont/MG: (32) 3251-4839

Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

 

Veja Também