Após liberação dos trabalhos presenciais, Pastorais atuam de forma híbrida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O “novo normal” é um cenário marcado pelo retorno de reuniões presenciais, mas ainda encontros on-line. Esta realidade híbrida não é diferente no contexto das atividades pastorais arquidiocesanas.

Localizado no Edifício ‘Christus Lumen Gentium‘, o Centro Arquidiocesano de Pastoral João Paulo II já voltou a receber diferentes grupos e movimentos arquidiocesanos. Segundo a secretária do local, Ana Maria Roberto, este retorno tem acontecido aos poucos; a maior parte dos casos, apenas reuniões.

O Centro Pastoral tem como função primeira ser apoio para o desenvolvimento dos trabalhos que pastorais, movimentos, associações e grupos de serviços realizam. Nele os grupos costumavam realizar atendimentos e reuniões.

É importante destacar que está aberta agenda para reuniões no local e os coordenadores devem realizar as marcações na secretaria. Seu expediente na Cúria é, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h às 17h.

Reestruturação Pastoral

Conforme já divulgado, a segunda fase do II Sínodo Arquidiocesano tem o enfoque no trabalho pastoral. No final do ano passado, Dom Gil esclareceu que uma comissão foi escolhida vai se encarregar do estudo, avaliação e acompanhamento das propostas de reformulação da pastoral e dos grupos de pastorais. Este processo de reestruturação pastoral já foi iniciado.

Veja Também