12ª Jornada Vicentina é realizada de forma virtual

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No último sábado, dia 25 de setembro, aconteceu a 12ª edição da Jornada Vicentina do Conselho Metropolitano de Juiz de Fora (CMJF). Neste ano, pela primeira vez, o encontro foi realizado de maneira virtual. Tendo como tema “São José, Modelo de Caridade em Novos Tempos”, o evento contou com momentos de oração, pregação, animação e música.

Bastidores para transmissão

Realizado em um estúdio para proporcionar uma jornada com segurança, mas sem perder a identidade acolhedora e alegre, o evento foi um desafio para seus coordenadores geral, Josiane e Marco Guiducci, que há mais de um ano trabalharam para torná-lo possível. “O trabalho que a gente faz é antes, durante e depois e são muitas pessoas envolvidas. Nossa jornada foi diferente, foi segura. Eu creio que dessa forma atingiu muito mais [pessoas], agradeço a todos”, relatou Josiane durante a transmissão.

A nova Presidente eleita do Conselho Metropolitano de Juiz de Fora, Csc. Venina Aparecida de Souza, esteve presente no local para o “dia de festa”. Durante o encontro ela deixou uma mensagem aos vicentinos. “ A Jornada é lugar de Deus, lugar de amizade… A jornada é caminho, é motivação, é fé. É o chamado de Jesus e ele chama a todos. Este ano a jornada lembra um homem forte, que se destacou em cuidar de Jesus, e a jornada nos motiva a cuidar de cada um e de cada uma. Hoje quero animar cada confrade, cada consória, a buscar, dentro do seu coração, a força para continuarmos, nas pegadas de São Vicente e na chama do Beato Frederico Ozanan e seus companheiros”.

O encontro contou com diversas participações, Padre Pierre Maurício de Almeida Cantarino, o vencedor do concurso Fazendo Arte, confrade Warley Gabriel, aparições de diversos conselhos, dentre outras. Também ocorreu o tradicional momento de Adoração do Santíssimo Sacramento e se encerrou com a Santa Missa, presidida por Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora e teve a participação do Diácono Jorge Luis Lopes dos Santos, Assessor Espiritual do CMJF.

Benção do Arcebispo ao final da Santa Missa

“Celebrei a missa de encerramento da Jornada Vicentina. Já adiantamos louvores de Deus por São Vicente, esse homem que dedicou sua vida e toda sua existência para ajudar os pobres, os pequenos, os humildes, pedindo a ele, também, que nos dê essa força da caridade”, explicou o Arcebispo.

Durante a homilia, Dom Gil pontuou importantes fatos sobre a vida de São Vicente e como ela foi marcada pelo capítulo 25 do evangelho de São Mateus. Além disso, tornou a frisar que a fé sem obras é morta.

O Pastor aproveitou a ocasião para convocar todos os vicentinos para ajudarem a vivenciar a nova fase do II Sínodo, importante momento para a caminhada diocesana. “Agora, neste momento que estamos para entrar na segunda fase do II Sínodo Arquidiocesano, essa segunda fase que será marcada pela caridade, pela solidariedade e pela atenção aos pobres e sofredores, maiores vítimas da pandemia quero pedir a São Vicente de Paulo que nos inspire e nos ajudem”, concluiu ele.

Clique aqui e confira mais fotos da jornada.

Veja Também