“Vídeo do Papa” de setembro aborda proteção de mares e oceanos

0

Foi divulgado, no último sábado (31), o “Vídeo do Papa” de setembro, no qual o Santo Padre propõe, aos fiéis do mundo inteiro, sua intenção de oração para os espaços que “contêm a maior parte da água do planeta e também a maior variedade de seres vivos”: os mares e oceanos.

Preocupado com o seu estado atual, o Papa pede a todos os católicos que rezem para que os políticos, cientistas e economistas trabalhem juntos para encontrar medidas de proteção. Além disso, a mensagem é lançada em sintonia com o “Tempo da Criação”, celebração anual e universal que une os cristãos do mundo inteiro e que, este ano, vai de 1º de setembro a 4 de outubro.

Cuidar dos mares e oceanos

Atualmente, 13 milhões de toneladas de plástico são jogadas nos oceanos a cada ano, causando, entre outros, prejuízos e a morte de 100 mil espécies marinhas. A gravidade disso consiste no fato de que a maioria dos plásticos permanece intacta, por décadas ou séculos. Além do mais, eles se deterioram e acabam se tornando micro plásticos, que os peixes e os outros animais marinhos acabam ingerindo. Isto acarreta uma cadeia alimentar global contaminada.

Objetivos da ONU

Em seus “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, a ONU estabeleceu metas para combater esta triste situação, ciente de que os oceanos fornecem recursos naturais fundamentais, como alimentos, medicamentos, biocombustíveis e outros produtos.

Desafio do Vídeo do Papa

Este “Vídeo do Papa” fala do grave desafio de proteger os oceanos. De fato, o fito-plâncton oceânico é responsável pela produção de mais da metade do oxigênio do planeta. Logo, pode-se dizer que os oceanos são um dos dois “pulmões” do mundo. Para enfrentar o problema da gestão injusta dos mares, é necessária uma “abordagem interdisciplinar”, que não pode ignorar a pessoa humana.

Nota do Padre Fornos

O Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, o jesuíta Padre Frédéric Fornos, recorda que, no ano passado, para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, Francisco chamou a atenção para proteger os ecossistemas marítimos. Diante desta emergência, disse o Papa, somos chamados a comprometer-nos com uma mentalidade ativa, rezando, como se tudo dependesse da Providência Divina, e trabalhando como se tudo dependesse de nós.

Padre Fornos diz ainda que, em setembro deste ano, Francisco nos convida a rezar e agir pela proteção dos oceanos e, de maneira especial, convida os católicos a se recordar que a “nossa solidariedade com a Casa comum nasce da nossa fé. A criação é um projeto do amor de Deus pela humanidade”.

Rede Mundial de Oração

A Rede Mundial de Oração do Papa, da qual o Padre Frédéric Fornos é diretor, é uma obra Pontifícia, cuja missão é mobilizar os católicos, mediante a oração e a ação, para os desafios da humanidade e da missão da Igreja. A sua missão insere-se na dinâmica do Coração de Jesus, uma missão de compaixão pelo mundo.

*Fonte: Site do Vatican News

Conteúdo Relacionado
X