Terceiro Domingo do Tempo Comum é celebrado na Catedral

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

“Ouçamos sempre com amor e atenção a Palavra do Senhor”, destacou o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, durante celebração no Terceiro Domingo do Tempo Comum, 23 de janeiro, na Catedral de Juiz de Fora.

Nesta data, em todo o mundo, é celebrado também o Domingo da Palavra de Deus. No Brasil, a comemoração foi transferida para setembro, juntamente com a celebração do Dia da Bíblia, próximo a data em que é lembrado São Jerônimo, o responsável pela tradução dos textos bíblicos para o latim.

Dom Gil falou sobre a data e a liturgia do dia, voltada para a importância da Palavra de Deus. “O centro da Liturgia de hoje é a Palavra, e o Papa Francisco em 2019 chamou este de Domingo da Palavra, como se assistíssemos Jesus entrar na Sinagoga e proclamar a sua missão. Ele anuncia um ano novo de graça, um ano favorável.”

Sobre as leituras da Missa, o Arcebispo esclareceu que “também na leitura do livro de Esdras, durante toda a manhã, a Palavra de Deus foi acolhida pelo povo com emoção e até com choro. Depois, na segunda leitura, a Carta de São Paulo aos Coríntios mostra que a comunidade recebe a Palavra, mas são membros diferentes e, por isso, a Palavra possibilita a harmonia da comunidade.”

Ainda segundo o pastor, neste ano será refletido o Evangelho de São Lucas. “É maravilhoso meditar neste Terceiro Domingo do Tempo Comum um texto litúrgico que ilumina o ano inteiro. Também São Lucas, no Evangelho de hoje, propõe o seu prólogo com tantos detalhes que nos ensinam justamente o que é um Evangelho, como é pregado e como foram escritos os Evangelhos. Deus nos ilumine sempre com a sua Palavra nesta nossa caminhada sinodal da Arquidiocese de Juiz de Fora.”

*Com foto e informações do site da Catedral Metropolitana

Veja Também