São Pedro Julião Eymard é celebrado com festa no Cenáculo 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na última terça-feira, 2 de agosto, a comunidade dos Padres Sacramentinos celebrou pela primeira vez, em Juiz de Fora, o seu fundador, São Pedro Julião Eymard. A Missa festiva, realizada no Cenáculo São João Evangelista, foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelos padres José Elissandro Santos de Santana, sss e Jesus Mateus de Oliveira, sss – que residem em nossa Igreja Particular -, e pelos padres Francisco Haroldo Paiva Alexandre, sss e Joel Fernandes Lopes, sss. As Servas do Santíssimo Sacramento também estiveram presentes.

A celebração festiva integrou a primeira edição da Semana Eucarística promovida pela Congregação do Santíssimo Sacramento na Arquidiocese de Juiz de Fora. As atividades, iniciadas em 28 de julho, terminam nesta quinta-feira (4). “A Arquidiocese de Juiz de Fora está muito feliz com a chegada dos Padres Sacramentinos, que instalaram a sua casa aqui em janeiro passado. No Cenáculo, que já é conduzido pelas Irmãs Sacramentinas há mais de 70 anos, os padres agora, com seus seminaristas, empreendem esta Semana Eucarística. É muito importante, porque é um momento de estudar mais sobre a Eucaristia e louvar mais a Cristo presente na Eucaristia”, comemorou Dom Gil.

Segundo Padre Elissandro, o evento é realizado no Brasil desde 1926, quando a congregação chegou ao Rio de Janeiro, e em todas as casas da Província Nossa Senhora de Guadalupe, composta também por Argentina e Chile. “A Semana Eucarística é o espaço em que nós glorificamos a Deus por meio de ações culturais, de catequeses eucarísticas, de momentos fortes da nossa espiritualidade, para que as pessoas compreendam melhor e possam, a partir da Eucaristia, encontrar-se com o Senhor da vida, adorá-Lo e fazê-Lo adorado, como é o desejo do nosso santo fundador.”

O sacerdote afirmou que São Pedro Julião Eymard é celebrado em 30 países. “É um dia em que toda a família sacramentina eymardiana celebra com o coração em festa por esse grande santo da nossa Igreja. Para nós, é um momento de partilha da oração, da fraternidade e do serviço como pilares da nossa espiritualidade eucarística”, ressaltou Padre Elissandro, lembrando que em 9 de dezembro próximo completam-se 60 anos da canonização do santo.

Vale lembrar que no dia 1º de fevereiro de 2024, em comemoração ao Centenário da Diocese de Juiz de Fora, o Cenáculo será transformado em Santuário. “Este local, que hoje já é conhecido na cidade como centro eucarístico, terá ainda uma expressão maior quando se tornar Santuário Arquidiocesano da Eucaristia”, festejou Dom Gil Antônio Moreira. Além deste, também serão instalados os santuários do Sagrado Coração de Jesus, em Juiz de Fora, e de São Miguel, em Santos Dumont (MG).

Clique aqui e confira mais fotos da Celebração.

Veja Também