Restaurado, o Palácio Arquiepiscopal da Sé conta a história da Igreja Católica no Brasil

0

 A arquidiocese de Salvador (BA) reinaugurou o Palácio Arquiepiscopal da Sé, fechado há 20 anos. O prédio, construído do século XVIII, e reconhecido como patrimônio do povo brasileiro, foi restaurado e passou a abrigar um Centro de Referência da História da Igreja Católica no Brasil que receberá exposições permanentes e temporárias.

O antigo Palácio Arquiepiscopal da Sé, morada de bispos e arcebispos, e também Centro Administrativo e Pastoral da Igreja Católica no Brasil por mais de 100 anos, vai contar os quase quinhentos anos da história da Igreja Católica no Brasil; história esta que se confunde com o processo de ocupação e colonização do país, e da formação de nosso povo.

Durante a reinauguração, no último dia 6 de dezembro, o arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, disse que a restauração do Palácio é um marco para a cidade.

“Desde o começo do século XVIII este Palácio está aqui no Centro da Cidade. Para mim é uma alegria poder participar desse momento, vê-lo inaugurado, numa luta que começou desde que cheguei aqui em Salvador, em 2011. Além do mais, é um alívio saber que conseguimos chegar ao fim, em meio a esta crise do Brasil.  Então, esse é um verdadeiro milagre”, afirmou.

Comandado pelo Instituto do Desenvolvimento Humano (IDH), o processo de restauração durou cinco anos e contou com investimento financeiro do BNDES, Itaú Cultural, Global Participações em Energia e Prefeitura Municipal de Salvador.

 Fonte: Site da CNBB

Conteúdo Relacionado
X