Primeiros passos são dados para criação da 4ª turma da Escola Diaconal Santo Estevão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Conselho Diaconal da Arquidiocese aprovou no último mês a criação da 4ª turma da Escola Diaconal Santo Estevão. A iniciativa visa abrir possibilidade de indicações de candidatos para as paróquias que ainda não possuem Diáconos Permanentes. Atualmente a Arquidiocese de Juiz de Fora conta com 48 diáconos, porém o número de paróquias é bem maior.

Para indicação dos novos candidatos, os padres, que são responsáveis por recomendar aqueles homens que desejam e possuem vocação para tal ministério, devem observar os critérios apresentados nas “Diretrizes para o Diaconato Permanente da Igreja no Brasil (Doc 96 da CNBB)”,  tais como: requisitos pessoais, eclesiais, familiares e comunitários.

Após esta primeira fase, há uma entrevista e depois o Propedêutico, uma fase de discernimento vocacional na qual os aspirantes ao diaconato e suas respectivas esposas terão questões esclarecidas a respeito dessa ordem religiosa. A previsão é que esta última tenha início em agosto.

Veja Também