Papa Francisco nomeia novo bispo para a vacante Diocese de Rubiataba-Mozarlândia (GO)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Papa Francisco nomeou na manhã desta quarta-feira, 23 de setembro, o padre Francisco Agamenilton Damascena, atual vigário da paróquia São Sebastião, em Uruaçu (GO), como bispo da diocese de Rubiataba-Mozarlândia (GO).

Com a transferência de dom Adair José Guimarães para a diocese de Formosa, também em Goiás, a diocese de Rubiataba-Mozarlândia estava vacante desde 27 de fevereiro de 2019. Até então, a diocese esteve sob os cuidados pastorais e administrativos do Monsenhor Vanildo Fernandes Mota.

Trajetória e formação

O padre Francisco nasceu em 25 de junho de 1975, em Currais Novos (RN). Ingressou, em 1993, no seminário arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima, da arquidiocese de Brasília (DF), onde deu início à sua formação sacerdotal.  De 1994 a 1997 desenvolveu seus estudos em Filosofia no Ateneo Pontifício Regina Apostolorum, em Roma, onde também concluiu seus estudos em Teologia de 1997 a 2000.

Foi ordenado diácono em 16 de setembro de 2000, em Caicó (RN), incardinando-se na diocese de Uruaçu (GO). Sua ordenação sacerdotal se deu em 19 de março de 2001, em Niquelândia (GO). O sacerdote é especialista em Docência do Ensino Superior pelo Instituto de Educação Superior de Cariacica (ES), mestre em Filosofia pelo Ateneo Pontificio Regina Apostolorum – Roma (1997) e doutor em Filosofia pela Pontificia Università Lateranense – Roma (2016).

Vida pastoral e ministerial

Na diocese de Uruaçu (GO), onde incardinou-se após sua ordenação presbiteral, além de presbítero em várias comunidades e paróquias, atuou como diretor acadêmico do Instituto Diocesano de Filosofia, de 2000 a 2010, mestre de disciplina do Seminário Diocesano São José, de 2000 a 2007, professor do Instituto Diocesano de Filosofia, de 2000 a 2011 e de 2016 a 2017.

Também exerceu a funções de notário da Câmara Auxiliar Permanente, de 2000 a 2012, chanceler, de 2001 a 2012 e foi membro do Colégio de Consultores e do Conselho Presbiteral, no mesmo período. Assumiu a funções de coordenador diocesano da pastoral da educação, de 2003 a 2012, coordenador de pastoral do setor II, de 2004 a 2007, vice-reitor do Seminário Diocesano São José, de 2007 a 2010, membro do Conselho de Formadores, de 2007 a 2012.

O padre atuou como diretor espiritual da Associação Pietatis Opus, de 2010 a 2012. Ele também foi coordenador diocesano de pastoral e membro do Conselho de Presbíteros, de 2017 a 2018. Exerceu a função de diretor espiritual do Seminário São José (propedêutico), em 2018. Atualmente, além de vigário da paróquia São Sebastião, ele exerce as funções de diretor acadêmico da Escola Diaconal São Lourenço e administrador diocesano de Uruaçu.

Fonte: Site da CNBB

Veja Também