Papa em novo vídeo para o Dia do Migrante e Refugiado: partilhar para crescer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No quarto vídeo de preparação ao 106° Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, que será celebrado em 27 de setembro, Francisco convida a “partilhar para crescer”. Os vídeos mensais, divulgados desde maio, fazem parte do material de reflexão sobre o tema “Forçados, como Jesus Cristo, a fugir”, disponibilizado pela Seção Migrantes e Refugiados para o Serviço do Dicastério do Desenvolvimento Humano Integral do Vaticano.

Em cada mês, um novo vídeo do Santo Padre e outros materiais em formato multimídia aprofundam um dos subtemas apresentados na Mensagem do Pontífice. Os subtemas anteriores foram: “conhecer para compreender”, publicado em 15 de maio; “aproximar-se para servir”, de 18 de junho; e “escutar para reconciliar-se”, divulgado em 23 de julho. Todo material pode ser baixado gratuitamente da internet.

Até o próximo dia 27 de setembro, a Seção Migrantes e Refugiados também recebe testemunhos escritos ou em formato multimídia, fotografias das Igrejas locais e de outros atores católicos que apresentem o compromisso comum no cuidado pastoral das pessoas deslocadas internamente. O material pode ser enviado para o e-mail [email protected]

Forçados, como Jesus Cristo, a fugir

A Igreja tem celebrado o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado desde 1914, sempre no último domingo de setembro. É uma ocasião para demonstrar a preocupação pela diversidade de pessoas vulneráveis que se deslocam; para rezar por elas, visto que enfrentam muitos desafios; e para aumentar a sensibilização em relação a oportunidades proporcionadas pelas migrações.

Neste ano, o Papa Francisco escolheu como título da sua mensagem anual “Forçados, como Jesus Cristo, a fugir” para enaltecer o cuidado pastoral das pessoas deslocadas internamente. “Deus não queria que os recursos do nosso planeta beneficiassem apenas alguns. Não, o Senhor não queria isso! Devemos aprender a compartilhar para crescermos juntos, sem deixar ninguém de fora.”

*Fonte: Site do Vatican News

Veja Também