Padre sai com Santíssimo por ruas de bairro de Juiz de Fora

0

Em meio à pandemia que o mundo vive, com a disseminação do novo coronavírus, a fé é que muitas vezes dá esperança às pessoas de que tudo logo ficará bem.

Atendendo aos pedidos dos governos, órgãos competentes da área da saúde, em consonância com toda a Igreja, as missas foram suspensas com a presença do povo nos templos para que não haja aglomeração de pessoas e que não se alastre a propagação da Covid-19.

Diante dessa situação são muitas as ações promovidas pelos sacerdotes, grupos e movimentos da Igreja, para que os fiéis possam estar sempre perto de Deus mesmo recolhidos em suas casas. Foi o que fez o Padre Carlos Arlindo Silva, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do bairro de mesmo nome, em Juiz de Fora, neste último final de semana.

Fiéis acompanham a passagem do Santíssimo Sacramento pelas ruas do bairro Nossa Senhora Aparecida

Neste domingo (22), o sacerdote saiu pelas ruas do bairro levando o Santíssimo Sacramento aos fiéis. Um momento especial para todos aqueles que estão reclusos em suas casas. Entrevista a Rádio Catedral, Padre Carlos Arlindo falou da ideia de levar Jesus às pessoas. “Tenho tempo de sobra, vou passar em todas as ruas da minha paróquia, mesmo que nem todos vejam, mas que alguns possam ver que Jesus está com ele.”

A ideia surgiu depois de ver vídeos com iniciativas similares na Itália. Devido a dificuldades de fazer transmissão das missas, o sacerdote pensou que está poderia ser uma boa alternativa para fortalecimento da fé dos fiéis.

Em um momento difícil em que as pessoas podem estar fragilizadas, Padre Carlos Arlindo destacou a importância da iniciativa. “As pessoas não podem ir até Jesus nos nossos templos, mas elas são igreja. Jesus está com elas. Chegou o momento de Jesus também fazer uma visita e anunciar pra essas pessoas dizer: fiquem firmes na fé, na oração. Vocês não estão sozinhas!”, explicou ele.

Além disso, o sacerdote recordou que a atitude é uma forma de colocar em prática o pedido do Papa Francisco e do II Sínodo Arquidiocesano, que tem como lema “Proclamai o Evangelho pelas ruas e sob os telhados”. “Acho que isso é de grande importância. Me senti emocionado, muitas pessoas se sentiram emocionadas nesse momento tão difícil da nossas vidas”, relatou ele.

Fonte: Site da Rádio Catedral JF

Conteúdo Relacionado
X