Padre Márcio Vinícius é empossado pároco em Piau (MG)

0

Na manhã da última sexta-feira, 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, o Padre Márcio Vinícius dos Santos Delphim foi empossado pároco da Paróquia Divino Espírito Santo de Piau (MG). A Santa Missa, realizada na Matriz, foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira.

Antes da celebração, dezenas de fiéis participaram, mesmo debaixo de chuva, de uma procissão em homenagem à Padroeira do Brasil, que saiu da Igreja do Rosário. À frente do cortejo, quatro homens levavam a imagem, que permaneceu em lugar de destaque durante toda a missa.

O rito de posse teve início após a leitura do evangelho. Foi feita a leitura da provisão e, em seguida, Padre Márcio fez a renovação das promessas sacerdotais, a profissão de fé e o juramento de fidelidade. O agora pároco ainda recebeu, das mãos de Dom Gil, alguns símbolos da paróquia: as chaves da Matriz e do Sacrário, a Palavra de Deus, o livro de tombo, a estola roxa e os Santos Óleos.

Segundo o arcebispo metropolitano, conferir a condição de pároco a Padre Márcio, que nos últimos cinco anos trabalhou na Paróquia Divino Espírito Santo como administrador paroquial, é uma forma de cumprimentá-lo pelo bom trabalho feito até aqui. “A gente já teve sinais de que ele tem conduzido muito bem a paróquia, tanto na parte pastoral, religiosa e de formação, quanto também na parte administrativa”.

Vale destacar que, embora sejam funções muito parecidas, enquanto o administrador paroquial é um cargo que está à disposição do bispo, que a qualquer hora pode mudar o padre de lugar, mesmo sem razão, a função de pároco dá mais estabilidade ao sacerdote. Neste caso, o bispo pode mudá-lo de comunidade, mas sempre deverá haver um motivo pastoral que justifique essa mudança.

Em mensagem ao povo de Piau, Padre Márcio agradeceu o apoio em seus projetos e assumiu o compromisso de trabalhar para alegrar o coração de Deus e para o bem de todos. O sacerdote agradeceu, também, a confiança de Dom Gil. “Este parocado que o senhor nos confia, a mim e à própria Paróquia, é a indicação não de sucesso nas coisas já feitas e vivenciadas, mas, eu o interpreto, uma indicação sua para que trabalhemos mais e melhor pelo Reinado de Deus, aqui em Piau. Os desafios espirituais, pastorais, administrativos, materiais e pessoas são imensos. Porém, não os vejo como um peso, pois o jugo de Jesus é suave e seu fardo leve e n’Ele encontramos o nosso descanso, pois Ele é manso e humilde de coração” (cf. Mt 11, 29-30).

Padre Márcio ainda ressaltou a generosidade de Deus desde sua ordenação, há quase 20 anos. “Tudo confio em Suas mãos. Tudo a Ele eu peço. Tudo a Ele eu agradeço. Tudo a Ele me refiro. E a Ele, com o auxílio de Nossa Senhora Aparecida, quero, com humildade, apresentar essa paróquia, que, de certo modo, posso chamar de minha. Minha para amá-la. Minha para servi-la”.

Após a Santa Missa, o recém-empossado pároco conduziu mais um momento de homenagem a Nossa Senhora Aparecida.

Conteúdo Relacionado
X