Padre Everaldo é empossado como Pároco da Paróquia São Pedro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na noite da última sexta-feira (15), a Paróquia São Pedro, de Juiz de Fora, recebeu seu novo pároco, Padre Everaldo José Sales Borges. A cerimônia foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada por vários sacerdotes amigos da paróquia e do novo padre.

Os símbolos entregues ao novo pároco.

Na ocasião, foi apresentado como Vigário Paroquial o Padre Liomar Rezende de Morais, até então administrador da paróquia. Segundo o Pastor Arquidiocesano, a mudança se deve as muitas tarefas que o sacerdote possui na Arquidiocese. “Para aliviá-lo nós o liberamos dessa responsabilidade e pedimos a ele que ficasse como vigário”, explicou ele.

A homilia foi focada no tema da misericórdia. “Toda lei está sujeita a misericórdia, ao amor. Um padre quando chega tem que amar, tem que exercitar a misericórdia. Jesus dizia que queria a misericórdia, não o sacrifício, se referindo as oferendas de animais. O sacrifício tinha um símbolo bonito, mas, se não tivesse iluminado pela misericórdia com os pequenos, o sacrifício não teria valor. Essa é a grande lição de Jesus para todos que querem seguir sua palavra. A misericórdia é um exercício da caridade; é um ato de atenção e compreensão”, esclareceu Dom Gil.

Além disso, o Arcebispo reforçou que as transferências fazem parte do momento vivido pela Arquidiocese, e que elas, no total 33 mudanças, representam um terço das paróquias mudando, para assim propiciar uma renovação pastoral. “Deus abençoe o trabalho do Padre Everaldo. Ele, que é coordenador da pastoral da Arquidiocese de Juiz de Fora e secretário do Sínodo, tem todas as condições de fazer essa paróquia crescer no espírito sinodal”, expressou ele.

No final da missa, ao tomar a palavra o novo pároco levou todos ao riso, inclusive membros do Clero, como o Padre Alessandro; que na ocasião foi apresentado como residente da casa paroquial local.

Alegria, renovação e desafios prometem ser palavras chaves da nova missão do padre recém-empossado. “É verdade que já estive aqui por um tempo, agora a oportunidade de trabalhar nessa paróquia vem carregada de um desafio. As pessoas esperam um passo diferenciado, [também] um pouco daquilo que nós vivemos, que foi muito intenso, quando estive aqui. Mas, na verdade, a gente também deixa o Espírito Santo guiar aquilo que for providencial para essa igreja, sempre em comunhão com a Igreja de Juiz de Fora”, afirmou Pe. Everaldo.

Ele também se mostrou bastante em sintonia com seu Vigário, agradecendo-o publicamente e se emocionando junto com ele, já que para o Padre Liomar a celebração significou a conclusão de um ciclo. “São 11 anos e 11 meses intensos, de muito trabalho, mas também de muitas pessoas que colaboraram comigo nesta missão, não realizei nada sozinho. Realizei junto deste povo maravilhoso que aqui está e dos padres que tinham a missão de serem meus vigários paroquiais e me ajudaram. Minha palavra no dia de hoje é de gratidão.”, disse o sacerdote.

O dia de São Boaventura foi concluído com um pequeno “arraiá” de boas-vindas, momento de integração entre todo os presentes.

É possível conferir mais fotos da cerimônia de posse em nossa galeria.

Veja Também