Número de fiéis permitidos em celebrações diminui em Juiz de Fora

0

Na última terça-feira, 24 de novembro, foi publicada, pela Prefeitura de Juiz de Fora, uma nova resolução com medidas de combate e prevenção ao novo coronavírus, restringindo algumas atividades da “onda amarela” do programa do estado “Minas Consciente”. Tal atitude foi definida na reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19, realizada na última semana, diante do atual cenário epidemiológico do município.

No que diz respeito aos templos religiosos, a presença de fiéis fica restringida a 20% da capacidade das igrejas, limitando-se, no máximo, a cem pessoas. Desta forma, houve uma diminuição da lotação máxima dos locais, que era de 30%, mas manteve-se o limite de participantes por celebração, desde que seja garantido um distanciamento interpessoal mínimo de dois metros.

A resolução também reforça recomendações que já são colocadas em prática pelas paróquias do município de Juiz de Fora, como o uso obrigatório de máscaras, aferição de temperatura, marcação de lugares de assento de forma alternada, disponibilização de álcool em gel, agendamento de atendimentos individuais e de participação nas Missas e proibição do contato físico entre os participantes das celebrações.

O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, divulgou uma mensagem aos padres e ao Povo de Deus reforçando as mudanças e as atitudes que já são tomadas pelas paróquias. Clique aqui e confira.

Conteúdo Relacionado
X