No 7º dia de Assembleia Geral, Presidência da CNBB é formada

O Episcopado Brasileiro elegeu, nesta terça-feira, 25 de abril, em segundo escrutínio, o novo Primeiro Vice-Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O Arcebispo de Goiânia (GO), Dom João Justino de Medeiros Silva – oriundo de Juiz de Fora -, irá desempenhar a função durante os próximos quatro anos, no quadriênio 2023 a 2027. A votação foi realizada na manhã deste que é o sétimo dia da 60ª Assembleia Geral da CNBB.

Perguntado pelo Arcebispo de Belo Horizonte (MG) e Presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, segundo o estatuto, se aceita a função confiada pela Assembleia, Dom João Justino respondeu: “Agradeço a confiança dos senhores, conto com o apoio e orações. Aceito!”.

Em seguida, o Bispo de Garanhuns (PE) e atual Presidente do Regional Nordeste 2 da CNBB, Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, foi eleito como Segundo Vice-Presidente da entidade. Mais uma vez, atendendo à recomendação estatutária, Dom Walmor perguntou se dom Paulo aceita a função confiada pela Assembleia. O eleito respondeu: “Por amor a Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador, como serviço à Igreja, profundamente agradecido a todos os irmãos e também para garantir a presidência da região Nordeste a todos os irmãos, eu aceito!”

Por fim, o Bispo de Rio Grande (RS) e atual Presidente da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Ricardo Hoepers, foi eleito novo Secretário-Geral. Perguntado pelo Arcebispo de Belo Horizonte se aceitava a função, Dom Ricardo respondeu: “Aceito, com muita honra. Muito obrigado!”

Nessa segunda-feira (24), sexto dia da Assembleia da CNBB, o Arcebispo de Porto Alegre (RS) e atual Primeiro Vice-Presidente da CNBB, Dom Jaime Spengler, havia sido eleito presidente da Conferência dos Bispos no quadriênio 2023-2027.

Dando continuidade aos trabalhos, também serão escolhidos os 12 presidentes das Comissões Episcopais permanentes, dois representantes da CNBB no Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), um titular e suplente e os bispos que participarão do processo do Sínodo sobre a Sinodalidade, no Vaticano.

*Com informações do site da CNBB

Veja Também