Mulheres do Terço perfumam o Santuário de Aparecida com sua oração

0

A cor rosa tomou conta do Santuário de Aparecida no último sábado (9). A 6ª Romaria do Terço das Mulheres reuniu mais de oito mil mulheres de muitos Estados do Brasil, para a alegria de celebrar e agradecer as bênçãos alcançadas a partir da oração perseverante do Santo Terço.

Acolhida na Tribuna Bento XVI

*Acolhida da Romaria do Terço das Mulheres na Tribuna Bento XVI. Foto: Marília Ribeiro

As mulheres do terço foram recebidas na Casa da Mãe com uma acolhida especial na Tribuna Bento XVI. Naquele momento, elas cantaram, confraternizaram e expressaram a animação de perfumar o mundo com a sua oração, assim como é cantado no hino oficial da Romaria.

Santa Missa

Às 9h, os grupos participaram da Santa Missa, presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, e concelebrada por diversos padres que acompanham o movimento do grupo de Terço das Mulheres nas comunidades, paróquias e arquidioceses. Em torno do Altar Central, milhares de mulheres acenavam com os lenços cor de rosa, durante o canto do hino da Romaria, que foi apresentado pelo grupo Cantores de Deus e, na sequência, a entrada da imagem da Mãe Aparecida.

Dom Orlando, em sua homilia, expressou que as mulheres são alegria para Nossa Senhora, são alegria para sua família e comunidade, pois, pela oração do Santo Terço, testemunham a disponibilidade de viver a busca por uma vida de santidade.

Comentando a liturgia de sábado, Dom Orlando lembrou a misericórdia de Deus, afirmando que, fortalecidas pela oração do terço, todas as mulheres são convidadas a olharem pelos pecadores. “Mulheres do terço, voltem-se para os pecadores, porque lá em Fátima, Nossa Senhora diz: rezem o terço para a conversão dos pecadores, rezem o terço como penitência por todos nós, para a nossa santificação. Rezem o terço como reparação dos pecados da humanidade”.

O Arcebispo afirmou ainda que, pela oração do terço, a Igreja Católica do Brasil vai conseguir ser mais discípula e missionária, pois em cada um dos mistérios refletidos, os cristãos são chamados a viverem a ação. Para uma melhor compreensão, Dom Orlando deu alguns exemplos: na reflexão dos mistérios gozosos, somos enviados a levar alegria a todos aqueles que sofrem e estão tristes; nos mistérios dolorosos, a serem força e confiança no amor de Deus; nos mistérios luminosos, a ser luz no mundo e, nos mistérios gloriosos, a levarem esperança e fé na ressurreição.

No fim da celebração, as coordenadoras da Comissão Nacional da Romaria do Terço das Mulheres foram convidadas a se consagrarem à Nossa Senhora Aparecida, para revigorarem a missão de motivar o trabalho dos grupos em suas cidades.

Assembleia

*Momento de oração do Santo Terço no Altar Central. Foto: Thiago Leon

A programação da Romaria se estendeu durante todo o dia. No auditório Noé Sotillo, localizado no subsolo do Santuário, as coordenadoras e auxiliares dos grupos de Terço das Mulheres de todo o Brasil foram recebidas pelo Irmão Alan Patrick Zuccherato, a apresentadora do Bênção da Noite, Jéssica Fernandes, o Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, o prefeito de Igreja do Santuário, padre João Paulo de Oliveira Ramos e o missionário redentorista padre Lucas Emanuel.

No período da tarde, o momento mais aguardado da programação da 6ª Romaria aconteceu. Os grupos reuniram-se no Altar Central para, em uma só voz, rezarem o Santo Terço. Logo após, foi realizado o sorteio da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

O grupo contemplado foi da Paróquia Bom Jesus de Matosinhos, de São João del-Rei (MG), representado pela coordenadora Tatiane Aparecida da Silva e pela coordenadora diocesana, Angerica Souza. A imagem permanecerá no grupo durante todo o ano de 2019, retornando para o Santuário na próxima Romaria do Terço das Mulheres, que acontecerá no dia 14 de março de 2020, para ser acolhida por outro grupo sorteado.

*Fonte: A12.com

Conteúdo Relacionado
X