Missa Anual da Mãe Peregrina é realizada na Catedral

0

A Catedral Metropolitana recebeu devotos da Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt para a celebração anual da Aliança de Amor, no último sábado, 17 de outubro. A Santa Missa foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo Administrador Paroquial da Catedral, Padre José de Anchieta e pelo nosso Vigário, Padre Luiz Vitório. Também contou a participação do diácono permanente, Antônio Valentino.

Esse ano, devido à pandemia, a celebração foi limitada há cerca de 100 fiéis, porém não menos emocionante de acordo com a organizadora, Rita de Cássia Cantarino Araújo. A Celebração Eucarística contou com a presença de algumas missionárias cuidadoras das capelas da imagem peregrina da Mãe Rainha em Juiz de Fora.

Em entrevista Dom Gil fala sobre a celebração da Mãe Rainha. “Há muitos anos a gente celebra essa missa no dia 18, nas vésperas ou pouco depois. Porque no dia 18 de outubro de 1914 o Pe. José Kentenich fez o primeiro ato de amor a Nossa Senhora Rainha Três Vezes Admirável na Alemanha, por isso todos os anos celebramos essa missa com os zeladores, as pessoas encarregadas das Capelinhas visitadoras das famílias e normalmente a Catedral superlota. Esse ano com a pandemia tivemos que selecionar o número de pessoas e muitas delas tiveram que acompanhar pelas mídias da Arquidiocese, Web TV e Rádio Catedral.”

O Arcebispo destaca ainda que na data foram colocadas no altar várias intenções de oração. “Tivemos a oportunidade de rezar por todas as pessoas que participam desse movimento em nome de Nossa Senhora, pedindo inclusive a proteção contra o contágio da Covid-19 e assistência àqueles que por acaso estejam em tratamento. Rezamos também nesta ocasião pelos médicos e profissionais da saúde, porque dia 18 é o dia dos médicos, de São Lucas.”

Dom Gil teve a oportunidade de rezar também em ação de graças pelo seu aniversário de batizado, que aconteceu no dia 17 de outubro de 1950. “Faço hoje portanto 70 anos de cristão, de batizado, para mim uma grande alegria, a data fala mais ao meu coração até mais que o dia em eu nasci. Então que agradecer a todos que rezaram comigo, pelo meu aniversário de nascimento, 21 anos de bispo, feito ontem, e 70 de anos de batizado que completo hoje. Tudo isso é graça e dom de Deus”, completa.

Clique aqui e confira as fotos da celebração.

Fonte: Site da Catedral Metropolitana de Juiz de Fora

Conteúdo Relacionado
X