Live discute presença dos cristãos nas redes sociais a partir do novo documento do Dicastério de Comunicação

Nesta quinta-feira, 1º de junho, às 17h, a Pascom Brasil promove um painel para apresentar o documento “Rumo à presença plena: uma reflexão pastoral sobre a participação nas redes sociais”, divulgado no dia 29 pelo Dicastério para a Comunicação do Vaticano. A live terá como ponto de partida os principais assuntos tratados no texto e o que significa este documento para o momento atual.

O painel será mediado pelo coordenador-geral da Pascom Brasil, Marcus Tullius, e terá os seguintes participantes:

Dom Valdir José de Castro, Bispo de Campo Limpo e Presidente da Comissão Episcopal para Comunicação da CNBB, membro do Dicastério para Comunicação;

Joana Puntel, religiosa paulina, jornalista, doutora em Ciências da Comunicação, pesquisadora na área de comunicação, cultura e Igreja;

Filipe Domingues, jornalista, analista vaticano, mestre e doutor em Ciências Sociais, vice-diretor do Lay Centre (Roma) e participante do processo de elaboração do documento;

Moisés Sbardelotto, jornalista, mestre e doutor em Ciências da Comunicação, professor da PUC Minas e participante do processo de elaboração do documento;

Aline Amaro da Silva, jornalista e doutora em Teologia, pesquisadora e professora da PUC Minas.

A vice-diretora da Sala de Imprensa do Vaticano, Cristiane Murray, também terá participação especial na live. A transmissão será pelo canal da Pascom YouTube e ficará disponível para ser assistida posteriormente.

Cristãos nas redes sociais: uma reflexão pastoral

O documento, disponível em cinco idiomas, incluindo o português, afirma que o seu objetivo “é promover uma reflexão comum a respeito da participação dos cristãos nas redes sociais, que estão cada vez mais presentes na vida das pessoas. Inspirando-se na parábola do Bom Samaritano, o documento visa dar início a uma reflexão comum, a partir da fé, para fomentar uma cultura de ‘amor ao próximo’ também na esfera digital, com um sentido de pertença, reciprocidade e solidariedade são os pilares para edificar um sentido de comunidade que, em última análise, deveria fortalecer as comunidades locais, capazes de se tornar motores de mudança.”

A inspiração bíblica do documento é utilizada pelo Papa Francisco desde sua primeira mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2014, quando apresenta a parábola do Bom Samaritano como a parábola do comunicador. O documento tem 82 parágrafos, organizados em quatro grandes partes.

I. Atenção às ciladas nas rodovias digitais
Aprender a ver a partir da ótica de quem caiu nas mãos dos ladrões (cf. Lc 10, 36).

II. Da consciência ao verdadeiro encontro
Aprender com aquele que teve compaixão (cf. Lc 10, 33)

III. Do encontro à comunidade
“Cuida dele” (cf. Lc 10, 35) – abranger outros no processo de cura

IV. Um estilo distintivo
Ame… e viverá (cf. Lc 10, 27-28)

*Fonte: Site da Pascom Brasil

Veja Também