JMJ 2022: países africanos vão receber símbolos entre abril e novembro de 2020

0

Os países africanos de língua oficial portuguesa vão receber os dois símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a cruz de madeira e o ícone de Maria, entre os meses de abril e novembro deste ano de 2020. A decisão foi tomada durante o XIV Encontro dos Bispos dos Países Lusófonos, realizado esta semana na Guiné-Bissau.

Em comunicado, os religiosos assinalam que acolheram a “informação detalhada” sobre a organização da próxima edição internacional da JMJ, em Portugal, que foi partilhada por D. Joaquim Mendes, um dos coordenadores-gerais deste encontro mundial de jovens e bispo-auxiliar de Lisboa. Esperando que a presença dos países lusófonos seja numerosa na JMJ de 2022, os bispos lusófonos reunidos em Bissau assumiram esta decisão de fazer peregrinar a cruz e o ícone da Jornada nos países africanos de língua oficial portuguesa.

No próximo domingo de Ramos, 5 de abril, a cruz e o ícone vão ser entregues pelo Papa Francisco, em Roma, a uma representação portuguesa de cerca de 300 jovens de todas as dioceses de Portugal.

*Com informações do site do Vatican News

Conteúdo Relacionado
X