JMJ 2016: Peregrinos da Arquidiocese de Juiz de Fora participam de atividades em Cracóvia

0

*Colaboração: Fabíola Castro (Rádio Catedral)

As atividades da Jornada Mundial da Juventude 2016 em Cracóvia seguem intensas para os milhares de jovens que estão vivenciando momentos marcantes na Polônia. Os peregrinos de Juiz de Fora, além das celebrações, catequeses, momentos de espiritualidade e também de descontração, encontros com outras culturas e com jovens de todo o mundo, estão tendo a oportunidade de visitar locais importantes para a fé católica e também lugares que marcaram a história da humanidade.

Em entrevista à Rádio Catedral, o seminarista Ronny Moreira, um dos quatro aspirantes ao sacerdócio na Arquidiocese de Juiz de Fora que participam do evento, falou sobre a experiência de visitar o campo de concentração polonês de Auschwitz, um lugar marcado pela tragédia e tristeza, mas onde eles puderam rezar. “Foi um momento muito forte, nós entramos naquele campo de concentração e conseguimos sentir um clima tenso, triste, devido às mortes que aconteceram naquele lugar. Nós paramos por um momento para podermos rezar por todas as vítimas, por tudo o que aconteceu ali, suplicando a misericórdia de Deus’.

Após a visita a Auschwitz, o seminarista Ronny contou da alegria de conhecer o lugar onde nasceu e viveu São João Paulo II, em Wadowice. “Foi um clima de alegria, de espiritualidade e também de muita surpresa. Nós ficamos muito contentes, era um momento em que o arrepio vinha sobre o corpo ao ver objetos usados pelo papa, ao ver a história de sua infância”.

Encerrando o dia, os jovens tiveram a oportunidade de ver e ouvir, ainda de que forma rápida, Papa Francisco, que rapidamente apareceu na janela da residência episcopal em que está hospedado e falou aos que ali estavam.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X