Instituto Padre João Emílio encerra as atividades deste ano

0

Na noite da última quinta-feira (5) foi celebrada uma missa em ação de graças pelas atividades realizadas ao longo de 2019 no Instituto Padre João Emílio. Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo Metropolitano, presidiu a missa e os padres Liomar Rezende de Moraes e José Domício Ferreira da Silva concelebraram.

A ocasião, além de marcar o encerramento as atividades escolares, foi uma grande confraternização que contou com a Primeira Eucaristia de 12 crianças assistidas pela Instituição. Diversas vezes, ao longo da noite, os celebrantes afirmaram ser um “dia de ação de graças para todos”, momento de agradecer ao Senhor por tudo que foi realizado.

No último ano, a obra aumentou o número de assistidos, criou o Projeto Acorde e continuou oferecendo atividades para estimular o crescimento e inclusão de crianças e jovens. A respeito do ano, o Arcebispo se mostrou satisfeito. “Nós temos 136 crianças, que representam 136 famílias das periferias de Juiz de Fora. Pudemos durante este ano aumentar o número dos atendimentos, isso para nós é uma alegria. Queremos sempre atender melhor e mais numerosas famílias, que dependem da nossa solidariedade da nossa colaboração.”

As crianças que estavam recebem o sacramento da Eucaristia pela primeira vez.

Na homilia o pastor falou a da importância seguir a Cristo verdadeiramente, com atitudes condizentes ao Evangelho. Ele começou explicando, “precisamos de um forte alicerce. Esse alicerce é Cristo, é a pedra firme sobre a qual nós construímos a nossa vida. Se nós não vivermos a palavra, nossa vida não vai valer nada.” E completou: “E qual é a palavra dele? Tudo se resume em um único mandamento: amar a Deus sob todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”.

Ao final da Celebração Eucarística, Padre Liomar agradeceu a presença de todos e o trabalho de todos os envolvidos na obra. Voluntários e funcionários foram apresentados e devidamente homenageados por todos com aplausos. O sacerdote membro da diretoria do local, destacou a colaboração e apoio de Dom Gil e dos padres Domício, pela contribuição no âmbito da espiritualidade, e João Francisco – também presente na festividade-, que colabora na parte pedagógica e com o Projeto Acorde.

Em entrevista, Dom Gil também expressou sua gratidão. “Quero agradecer ao nosso Senhor pelos padres que aqui trabalham, padre Liomar, Padre Dondici, padre Tarcísio, padre Domício e todos os demais, os funcionários e voluntários, e a família dessas crianças, todos que colaboraram com esse grande ato de caridade que procuramos fazer.”

Logo após, o término da celebração os jovens do Projeto Acorde realizaram uma apresentação. No repertório músicas populares e uma canção de natal. Em seguida, as crianças de até 10 anos do Projeto Esperança cantaram todas juntas.

Confira as fotos no nosso Facebook.

Entrega de presentes marca o último dia no ano letivo na instituição

Pais e estudantes do Colégio dos Jesuítas estiveram, na manhã desta sexta-feira (6), na Instituição. A visita, que contou com a presença do Papai Noel, alegrou as crianças que receberam presentes de natal, como explica Luciana Rodrigues Pereira, participante da Associação de pais dos Jesuítas.  “A associação de pais, juntamente com o grêmio estudantil, realiza uma ação todos os anos. Já viemos aqui, como todos os anos escolhemos uma para apadrinhar, resolvemos vir participar.”  Luciana reforçou também, a importância dos estudantes da escola neste ato de solidariedade. “Os meninos do grêmio trabalharam muito. Foram de sala em sala, pediram presentes, ajudaram a distribuir as cartinhas. Foi muito lindo ver eles participando.”

Para a diretora pedagógica do Instituto, Helaine Viana, a ação foi de muita importância para a Instituição e uma forma de unir parcerias. “Estes movimentos e atividades extracurriculares são importantes pela valorização e envolvimento de outras pessoas com a nossa realidade. Neste caso foi o Colégio Jesuítas promovendo esta atividade com os alunos. Dessa forma eles conheceram também a realidade que vivenciamos aqui.”

Helaine reforça também a importância do momento para os pequenos. “Para as crianças é motivo de alegria.  Eles não tem isso todos os dias, não estão acostumados a receber estes presentes, carinho e afeto.”

*Colaboração: Elias Arruda

Conteúdo Relacionado
X