Funcionários da Cúria Metropolitana participam de Missa de Páscoa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na última quarta-feira, 3 de abril, os funcionários da Cúria Metropolitana de Juiz de Fora participaram de uma Missa de Páscoa, realizada na capela do Edifício Christus Lumen Gentium. A Eucaristia foi presidida pelo Arcebispo, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, e pelo Ecônomo da Mitra, Padre Liomar Rezende de Moraes.

Durante sua homilia, Dom Gil explicou o motivo daquela celebração. “Primeiramente, porque este é o momento mais sublime da Igreja, mais sublime da fé cristã; não há nenhuma festa maior no calendário cristão do que a Páscoa. E vocês são funcionários desta casa. Esta casa, tudo o que existe aqui, os organismos, existem para servir ao Senhor Ressuscitado: é para Ele que nós trabalhamos, é para Ele que nós dedicamos tempo, atenção e alegria no trabalho. Então, é muito justo que nós nos reunamos para celebrar a pessoa d’Ele, de Jesus Ressuscitado, Aquele que é o motivo da nossa vida e é o motivo do nosso trabalho.”

Monsenhor Luiz Carlos, por sua vez, sublinhou a comunhão observada entre os funcionários da Cúria Metropolitana. “Quando a comunhão é bonita, a missão acontece, Deus está presente. Que possamos continuar na comunhão para realizarmos bem a nossa missão.”

Durante a celebração, o Arcebispo Metropolitano comunicou que Padre Liomar assumiria novas funções na Arquidiocese e, que, por isso, não estará mais presente diariamente na Cúria. Agradecendo a atuação do sacerdote, Dom Gil informou aos funcionários que o trabalho do Economato será feito de forma colegiada, com a colaboração do Padre Ronny Moreira de Oliveira.

Ao tomar a palavra, Padre Liomar agradeceu a colaboração de todos. “Uma etapa nova para a qual a Igreja me convida. Como Dom Gil disse, não é um afastamento do Economato, ele quer e nós também queremos, eu e Padre Ronny, fazer esse momento colegiado. A minha palavra é de ‘obrigado’. Obrigado a Deus, obrigado a Dom Gil pela confiança, pelos puxões de orelha, através dos quais a gente cresce, agradecer a cada um que colabora, que se disponibiliza. Acho muito interessante trabalhar aqui: além do sustento de cada um, tem um algo a mais, que é a relação que a gente consegue estabelecer entre nós. Nós fazemos isso à luz da fé, confiando no Senhor, é para Ele que nós fazemos, em primeiro lugar”, afirmou o sacerdote.

Após a Eucaristia, os funcionários da Cúria participaram de um almoço festivo.

Veja Também