Evento celebrará os 30 anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

As conquistas e os desafios dos  30 anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) são tema de evento que o Escritório Modelo “Dom Paulo Evaristo Arns”, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em parceria com a Pastoral do Menor, da Arquidiocese de São Paulo, realizará dia 5 de outubro, a partir das 9h30.

Segundo os organizadores, a partir da entrada em vigor do ECA, em 12 de outubro de 1990, crianças e adolescentes passaram ser considerados sujeitos de direito credores de proteção integral, por parte do Estado, Família e Sociedade, com prioridade absoluta por serem pessoas em condição peculiar de desenvolvimento.

“A velha cultura ‘do menor’ abandonado e delinquente, pelo menos na lei foi deixada para trás. Ainda lutamos para desestigmatizar a infantoadolescência carente. De fato um marco muito importante para toda sociedade, uma vez que toda pessoa para alcançar a fase adulta deve ter passado pela infância e adolescência. Uma sociedade livre, justa e solidária, cujos integrantes desfrutem de plena cidadania e vida com dignidade, só se torna possível à medida que cada integrante desfrute durante o período de crescimento e maturação de todas as possibilidades de desenvolver suas habilidades, capacidades e aptidões para alcançar a autonomia em todos os sentidos e o senso de respeito com o próximo”, afirmam, ressaltando, no entanto, que ainda há muito a ser feito.

“De lá para cá, muita coisa mudou. As conquistas quanto à satisfação dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes foram significativas nas áreas da educação, saúde, respeito e dignidade. No entanto, não alcançamos todos os desideratos relacionados à qualidade da educação, saúde integral, alimentação, convivência familiar e comunitária, e ao longo desta jornada, as transformações sociais, econômicas e tecnológicas trouxeram outros desafios”, concluem.

Programação

O evento, que acontecerá de forma remota, será transmitido pela TV PUC-SP, no Youtube e Facebook. A primeira sessão cujo tema é “Os 30 anos de conquista da infância e juventude sob a ótica multidisciplinar” acontecerá das 9h30 às 11h30. Já a segunda com o tema “Desafios futuros da proteção integral – efetivação de direitos” será das 14h às 16h.

Entre os participantes convidados para o debate estão o bispo auxiliar de São Paulo, dom Eduardo Vieira dos Santos e o bispo referencial da Pastoral do Menor, dom Luiz Gonzaga Fechio.

Confira, aqui, a programação completa.

Fonte: Site da CNBB

Veja Também

Contatos

Fale com a Arquidiocese

Cúria Metropolitana de Juiz de Fora

Tel: (32) 3229-5450

E-mail

Endereço

Av. Barão do Rio Branco, 4516
Alto dos Passos, Juiz de Fora – MG
CEP: 36026-500

Atendimento

Assessoria de Comunicação

8h às 17h

Arquivo Arquidiocesano

Atend. Interno – 8h30 às 16h30
Atend. Externo – 13h30 às 16h30

Folha Missionária

8h às 13h

Jurídico

8h ‪às 12h‬ e de 13h ‪às 17h

Tesouraria

8h às 11h30 e de 13h às 16h

Tribunal Eclesiástico

13h às 17h

Cadastre-se aqui para receber novidades e atualizações da Arquidiocese

© Copyright Arquidiocese de Juiz de Fora. Feito com por