Em meio à pandemia, diáconos da Comunidade Evangelizadora Magnificat (CEM) são ordenados presbíteros

0

Neste sábado, 22 de agosto, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidirá a Ordenação Presbiteral de dois diáconos transitórios pertencentes à Comunidade Evangelizadora Magnificat (CEM): Jorge Lopes dos Santos e Willians Ferreira da Silva. O rito será realizado a partir das 9h30, na Matriz Nossa Senhora Aparecida do Bairro Linhares.

Como a cerimônia contará apenas com a presença de familiares e amigos dos ordenandos, os fiéis poderão acompanhá-la através das redes sociais, em transmissão ao vivo pelas páginas no Facebook da CEM e da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, além do perfil da paróquia no YouTube. Originalmente marcada para 21 de março, às vésperas do aniversário da Comunidade Magnificat, celebrado no dia 25, a solenidade teve que ter adiada por conta da pandemia da Covid-19.

“No princípio, eu não estava gostando muito da ideia de ser ordenado ainda no meio da pandemia. Eu pensava em esperar tudo isso passar para que a gente pudesse fazer as ordenações como elas são feitas normalmente, com festa, com a presença do povo”, revelou o Diácono Willians. Natural de Caçapava (SP), ele afirmou que muitas foram as pessoas que passaram por sua vida vocacional e que gostaria que elas estivessem presentes neste momento especial. Com o tempo, porém, a perspectiva do futuro sacerdote mudou. “Olhando como o mundo e o nosso país estão hoje, eu penso que essa pandemia do coronavírus trouxe à tona muitas coisas bonitas, mas também muitas trevas. A gente vê pessoas, políticos, líderes que se preocupam apenas consigo mesmos, que não olham para a realidade, não olham especialmente para aqueles que mais sofrem. Então, Deus colocou no meu coração que, neste mundo de trevas, a luz que é o próprio Senhor se faz necessária. E eu penso que uma ordenação sacerdotal, de alguém que se entrega, que se consagra a Deus, é verdadeiramente uma luz. Não uma luz própria, mas a luz de Deus que brilha no coração daquela pessoa”.

Diácono Jorge contou ter vivido este tempo de espera com muita reflexão, adoração e evangelização. “Eu acreditei muito na promessa que Deus fez a mim. Asseguro que foi um tempo muito bom, de convivência com meus irmãos de comunidade e também de oração e devoção”. Sobre o número limitado de participantes na Missa de Ordenação, o religioso acredita que os ausentes estarão bem representados. “Esse número limitado de pessoas irá representar de modo sublime e salutar aqueles fiéis que não irão à nossa ordenação. Eles vão estar sempre em oração conosco”.

O lema que inspirará o sacerdócio do Diácono Jorge será “Eis que faço novas todas as coisas” (cf. Ap 21,5). “Aquele que acredita no Senhor e tem abertura de coração, o Espírito Santo de Deus vem e faz morada nele. E com certeza, habitando na pessoa, o Cordeiro imolado, que morreu pela nossa salvação, vai fazer nova todas as coisas. Me encanta esse ‘fazer novo’ de Jesus em nós”, explicou.

Já seu colega de ordenação escolheu “Cristo vive em mim”, trecho retirado da Carta de São Paulo aos Gálatas (cf. Gl 2,20). A opção se deu por duas razões. “O primeiro é o motivo histórico: ‘Cristo Vive’ é o nome do grupo de oração que eu participei durante a minha juventude. O segundo é o motivo espiritual-teológico. Eu quero que a luz de Cristo brilhe em mim. Eu quero me consagrar, me configurar a Cristo. Dizer que Cristo vive em mim, além de uma afirmação, é também um pedido, porque eu quero, cada vez mais, diminuir para que Ele cresça. Eu quero levar às pessoas esse mesmo amor que eu encontrei e que mudou radicalmente a minha vida, que me tirou de várias trevas em que eu vivia e me trouxe para a luz verdadeira, me trouxe para a felicidade”, finalizou Diácono Willians.

Sediada em Três Corações (MG), a Comunidade Evangelizadora Magnificat foi reconhecida pela Arquidiocese de Juiz de Fora em 18 de maio de 2007. Os religiosos a ela pertencentes são ordenados pelo Arcebispo de nossa Igreja Particular e pertencem ao clero juiz-forano, apesar de estarem à disposição da CEM.

Conteúdo Relacionado
X