Domingo do Dízimo: compromisso de fé

0

O dízimo é um compromisso de fé com a comunidade onde vive-se o espírito da partilha e da doação, fundamentados no mandamento do amor, centro do Evangelho. É também um sinal concreto de gratidão a Deus pelos dons que recebemos.

Em tempos de pandemia, a prática de se contribuir com o dízimo se revela também um ato de solidariedade, não é uma obrigação, mas um gesto de amor. É uma oração silenciosa que se dirige a Deus. O modo concreto da oração, como fala o Padre Antônio Camilo de Paiva. “O dízimo é o modo concreto de você pregar o Evangelho de curar pessoas, espiritual, afetiva e psiquicamente. Porque com o dízimo você manter a paróquia, que faz as celebrações pelas redes sociais e chega aquela alma cansada.”

Na Arquidiocese de Juiz de Fora, o segundo domingo de cada mês é dedicado ao Dízimo. Mas e, como contribuir diante de um período de isolamento social? As paróquias criaram algumas formas para ajudar a sensibilizar os fiéis sobre a necessidade de devolver o dízimo, neste período de pandemia. Em algumas, é possível entregar na secretaria paroquial, em outras é possível realizar transferência bancária ou depósito, para isso basta solicitar os dados e combinar a melhor forma.

O compromisso de fé cada fiel, concretizado na doação, principalmente nesse tempo difícil, contribui para as quatro dimensões da vida da Igreja: religiosa, eclesial, missionária e caritativa e faz com que o Evangelho de Jesus siga sendo anunciado e chegando a todos.

Fonte: Site da Rádio Catedral de JF

Conteúdo Relacionado
X