Dom Roberto se despede de Juiz de Fora com missa na Catedral

0

Na tarde deste domingo, 1º de setembro, Dom Roberto José da Silva, celebrou sua última missa em Juiz de Fora antes de partir para Janaúba (MG), Diocese para a qual foi nomeado bispo pelo Papa Francisco, no último mês de junho.

A celebração aconteceu na Catedral Metropolitana e foi concelebrada pelo administrador paroquial, padre José de Anchieta Moura Lima, pelos vigários monsenhor Luiz Carlos de Paula, padre Antônio Pereira Gaio e padre José Maurício de Paula. O diácono permanente, Waldeci Rodrigues também participou.

Sobre a celebração na Igreja Mãe da Arquidiocese de Juiz de Fora, Dom Roberto explicou que, presidiu missas “em várias paróquias por onde eu passei, onde eu trabalhei como vigário paroquial, como pároco, nas igrejas da Forania São Miguel e Almas, a qual pertence Santos Dumont. E Dom Gil me convidou para celebrar aqui na Catedral hoje marcando oficialmente essa despedida”.

O bispo falou também sobre o seu sentimento neste momento de despedida. “Tem sido muito gratificante, nesse momento, agradecer a Deus, de modo especial, pela convivência com as diversas pessoas da Arquidiocese, com muito carinho e muito afeto no coração, minha história está aqui. É de fato um momento de agradecer a Deus por tudo aquilo que Ele me concedeu e por essa Diocese, onde Ele me chamou a servir”.

Dom Roberto deixou ainda uma mensagem de despedida para a Arquidiocese de Juiz de Fora. “Pra nossa Arquidiocese e as paróquias eu tenho dito que uma vocação nunca é o chamado de uma pessoa, mas é fruto da oração de uma comunidade, então toda vocação é fruto da Igreja como um todo. Por isso, é muito importante que os fiéis católicos participem da Igreja, rezem pelas vocações, suplicando ao Senhor que envie operários para a sua messe”.

O administrador paroquial da Catedral, padre José de Anchieta, falou sobre a alegria de acolher Dom Roberto. “Filho da nossa Arquidiocese, mais um bispo, mais um pastor que serve à nossa Igreja, de Minas Gerais, de modo especial, em Janaúba, para onde ele foi nomeado e já no dia 08 de setembro ele assume esse trabalho. Queria louvar muito a Deus pela vida dele e pela sua simplicidade e humildade, que vai fazer um bem muito grande na nossa Igreja de Minas e do Brasil, servindo como pastor dessa Diocese tão distante e carente de pastores que possam agir realmente com o coração de Deus”.

Para Janaúba, o bispo recém-ordenado expressou seu sentimento de esperança, “para aqueles que me aguardam, repito mais uma vez que vou de coração aberto para juntos podermos continuar o caminho que aquela Igreja certamente já faz, de seguimento do Senhor. Estaremos trabalhando juntos pela mesma causa, pelo mesmo Reino, buscando sobretudo a espiritualidade da comunhão e da partilha do pão”. A posse canônica de Dom Roberto na Diocese de Janaúba está marcada para o dia 08 de setembro, às 09h, na Catedral Sagrado Coração de Jesus.

Fonte: Site da Catedral Metropolitana

Conteúdo Relacionado
X