Dom Gil preside Santa Missa em comemoração aos sete anos da Comunidade dos Jovens Missionários Continentais

0

Na última sexta-feira, 28 de agosto, uma Missa em ação de graças recordou os sete anos de criação da Comunidade dos Jovens Missionários Continentais (JMC). A Eucaristia foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, que também é um dos fundadores do projeto, foi concelebrada pelo Padre José de Anchieta Moura Lima e contou com a participação de alguns dos seus integrantes.

A Comunidade JMC é fruto da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) do Rio de Janeiro, realizada em 2013, e nasceu do coração de jovens a partir de um pedido de Papa Francisco. “Ele disse ‘ide, sem medo, para servir’, e algo ficou muito forte no coração de todos os jovens que estão aqui. Então, a partir das palavras do Papa, com a ajuda do nosso Arcebispo, a gente teve esse ardor missionário crescendo dentro da gente”, conta o missionário Tiago Batista da Silva.

A Coordenadora do projeto, Ana Maria Roberto, ressalta que os Jovens Missionários Continentais já realizaram mais de 50 missões em dezenas de paróquias, localizadas na Arquidiocese de Juiz de Fora e em outras igrejas particulares, como Rio de Janeiro, Leopoldina (MG) e Óbidos (PA). A missão também foi além-fronteiras, chegando a Portugal e Haiti. “Mais do que nunca, temos que celebrar e agradecer a Deus, neste mundo atual que estamos vivendo, jovens evangelizando e anunciando a Boa Nova”.

Dom Gil revela sua felicidade com os frutos colhidos pelo grupo até aqui. “Eu quero elevar a Deus ações de graças por estes jovens entusiasmados por Jesus Cristo, firmes na fé, que continuam anunciando, sem medo, por todos os lados onde andam”.

*Com informações da WebTV “A Voz Católica”
*Fotos: Wellington Batista

Conteúdo Relacionado
X