Dom Gil fala sobre aborto em Tribuna Livre na Câmara Municipal de Juiz de Fora

0

No início da noite dessa quinta-feira (11), o arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, ocupou a Tribuna Livre em reunião ordinária na Câmara Municipal de Juiz de Fora. Na presença de grande parte dos vereadores, o pastor tratou do aborto, tema recorrente no Brasil e amplamente tratado no Legislativo Municipal.

Durante sua fala, Dom Gil destacou a união das religiões em defesa da vida humana. Além disso, falou de bioética e do uso de células-tronco embrionárias. O arcebispo ainda lembrou os projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional brasileiro em busca da descriminalização do aborto.

Durante sua apresentação, afirmou: “Com o emprego de eufemismos tais como interrupção da gravidez, descriminalização, ou despenalização do aborto, gravidez assistida, direito da mulher sobre o seu corpo e outros, vai se tentando no Brasil legalizar a prática hedionda do abortamento de seres humanos. Leve-se em conta que a criança gerada no seio materno não é parte do corpo da mãe, mas é outro ser humano distinto dela”.

Dom Gil parabenizou projetos votados na Câmara Municipal que vão ao encontro do ideal cristão de valorização da vida. O arcebispo citou a lei de 2010, de autoria do vereador Isauro Calais, que instituiu, no Calendário Oficial do Município, o Dia do Nascituro, celebrado em 8 de outubro. O arcebispo ficou satisfeito ao tomar conhecimento de outro projeto de lei que trata do tema: em outubro, o vereador José Mansueto Fiorilo propôs a instituição do Dia Municipal de Conscientização Contra o Aborto, em 27 de novembro de cada ano, e a inclusão da data no Calendário Oficial do município.

 

Outras informações:

Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X