Dom Gil celebrou Dia Nacional de Ação de Graças na Catedral

0

Na noite desta quinta-feira (27), o arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu missa solene pelo Dia Nacional de Ação de Graças, na Catedral. Durante a celebração foi cantado o Te Deum (A ti, Deus), que é o hino de louvor a Deus.

O nosso administrador paroquial, padre José de Anchieta, e os vigários paroquiais, padres José Maurício e Danilo, concelebraram. A missa também contou com a participação do diácono Waldeci Rodrigues e do Coral Santo Antônio.

O arcebispo metropolitano lembrou que esta data é um convite para que todos os cristãos católicos reconheçam e agradeçam as graças que Deus concede a cada um de seus fiéis. “No Dia Nacional de Ação de Graças, levamos a Deus nosso agradecimento por todos os benefícios conseguidos esse ano, reconhecemos que nada fazemos sozinhos, e que Ele faz tudo em primeiro lugar”, explicou.

Sobre o início de um novo Tempo Litúrgico, Dom Gil falou que “também é um momento de perdão das nossas faltas, reconhecer nossos defeitos e iniciar um novo tempo agora com mais ânimo e alegria e procurando ajustar nosso coração à vontade de Deus”, completou.

Ao final da adoração, a voluntária do Grupo Esperança Viva (GEV), vinculado à Fazenda da Esperança, Therezinha Regina da Silva Souza, que contraiu malária cerebral em uma missão na África, deu seu testemunho de cura, ela que teve uma previsão de 72 horas de vidas pelos médicos, sobreviveu e ficou sem sequelas.

“Foi muito bom estar na missa hoje para agradecer por tudo que eu passei durante esses 18 dias que eu fiquei na África em missão e no dia de vir embora, dia 28 de outubro, eu passei mal no aeroporto já com a malária, dali fui direto para o hospital, inconsciente e fiquei internada 7 dias na UTI, em coma e 3 dias na enfermaria. Hoje estou passando por alguns exames em Juiz de Fora, fazendo tratamento com infectologista, mas graças a Deus está tudo bem”, concluiu.

Confira as fotos no Facebook da Catedral.

Conteúdo Relacionado
X