Dom Gil celebra Missa de Finados no Cemitério Municipal de Juiz de Fora

DSC01053
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

*Colaboração: Leandro Novaes (Folha Missionária)

Na manhã do último domingo, 02 de novembro, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a Celebração de Finados às 10h no Cemitério Municipal Nossa Senhora Aparecida, no bairro Poço Rico.

Centenas de pessoas acompanharam a celebração. Minutos antes do início, todos já se preparavam para o momento rezando o terço juntos. Dom Gil lembrou o passamento de sua mãe, Dona Maria Tereza, há dois meses e o aniversário de 150 anos de fundação do Cemitério Municipal, que aconteceu justamente no dia 02 de novembro de 1864.

Em sua homilia, o Pastor falou sobre este difícil momento que passamos, quando perdemos um parente ou amigo. “Este é, sem dúvida, um momento de tristeza. Mas a tristeza é um sentimento normal, que faz parte da vida das pessoas, e nós expressamos isto através do choro. Nossa Senhora chorou, até mesmo Jesus chorou”, ressaltou. Ele ainda explicou sobre o juízo perante Deus, sendo que existem aqueles que vivem a felicidade eterna e outros que precisam de uma purificação, por não ter seguido sua vida na terra de acordo com os ensinamentos de Jesus Cristo. E concluiu suas reflexões para o dia de finados com as palavras do Cardeal Van Thuan, que está sendo canonizado: “Não há santo sem passado. E não há pecador sem futuro”.

Após a celebração, os fiéis aproveitaram para prestar suas homenagens pessoais aos seus amigos e familiares que estão sepultados no cemitério municipal.

Para conferir a galeria de fotos da celebração, clique aqui.

 

Veja Também