Dom Gil celebra ação de graças por seus 70 anos

0

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, comemorou nesta sexta-feira, 9 de outubro, 70 anos de vida. Em ação de graças, foi celebrada uma missa na Catedral Metropolitana. Com a presença de diversos membros do clero e seminaristas, dentre eles Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, Arcebispo Emérito de Sorocaba (SP), Eucaristia foi especial também por recordar a Memória Litúrgica de São João Newman, canonizado no ano passado.

Pela primeira vez, foi celebrada memória litúrgica de São João Newman. Em vista disso, logo no início da Missa, a história do santo foi apresentada aos fiéis através pelo Professor Eduardo Faria.

São João nasceu em Londres, em 1801. Foi um pastor protestante que aos 45 anos se converteu ao catolicismo. Mais tarde foi Padre, chegando a se tornar Cardeal. O professor contou que o cardeal inglês deu uma contribuição muito importante, considerada pelo Papa Bento XVI como decisiva para a renovação da teologia. Ele apresentou o desenvolvimento da doutrina católica como algo vivo, não estático, defendendo-a de diversos ataques estavam ocorrendo em sua época.

Na homilia, Dom Gil falou de sua alegria em ver a Igreja celebrar mais um santo neste dia. “Tenho a grande alegria de ver que mais um santo foi colocado para esse dia. A Igreja já venerava neste dia, São Dionísio e São João Leonardo. Agora ele agrega esse grande santo moderno, praticamente dos nossos dias, João Henrique Newman. Ele nos dá um exemplo de grande amor. Para se tornar padre, ele precisou ser muito humilde, precisou, sobretudo, ser coerente com a verdade que estava no fundo da sua consciência.”

O pastor também aprofundou na reflexão do evangelho. Falando na importância da unidade, Dom Gil frisou que Jesus é aquele que unifica e chama a todos para estarem unidos a Ele. “Ele nos convida a estar com Ele, a criar um espírito de unidade, que se faz através da prática do amor. A unidade é importantíssima para Cristo, tanto que, às vésperas de sua morte, Ele reza pedindo o dom da unidade: Pai que todos vejam um como eu e tu somos um”.

Na ocasião, o Arcebispo também contou lembranças de sua trajetória, de sua iniciação a vida cristã, seu ministério e trabalhos e agradeceu a Deus por tudo que viveu. “Quero agradecer muito a Deus o dom da vida. Sou muito feliz de viver! Quero pedir a Ele, as graças para continuar vivendo até o dia que ele desejar, e, que esse tempo que me reste seja para Ele um grande louvor e para o povo, serviço.”

Ao final da celebração, Dom Gil recebeu algumas homenagens, presentes e o tradicional parabéns, com direito a bolo. Ocorreu ainda o momento de oração e consagração a Nossa Senhora Aparecida, dando continuidade a novena preparatória que está ocorrendo também na Catedral.

Em meio aos agradecimentos, o pastor pediu orações a todos. “Quero pedir a você que me acompanha, que tenha a caridade de rezar por mim. Tanto agradecendo pelos benefícios que Ele concede, sem nenhum merecimento, quanto pedindo ajuda, para que eu possa continuar a servir a sua Igreja com integridade e amor.”

Conteúdo Relacionado
X