Crianças da periferia de Roma parabenizam Papa pelo seu aniversário

Imagem de arquivo do Vatican Media

Toda a inocência, alegria e espontaneidade da infância estão presentes nas curtas mensagens de vídeo que crianças da periferia de Roma enviaram ao Papa Francisco no seu aniversário de 85 anos, completado nesta sexta-feira (17).

Elas se dirigem ao Pontífice de maneira direta, dispensando as tradicionais formalidades adotadas pelos adultos. Além disso, mais uma vez contornando a diplomacia, todas concordam em propor a Francisco um encontro. O pedido, entretanto, é complexo. Alguém pergunta: “Quando virá nos visitar?”. Por outro lado, outros dizem: “Estamos esperando você aqui”.

Abraçar e brincar com o Papa

Mas o que fazer nesse possível encontro? As crianças respondem com muitas opções: “quero abraçar você”, “fazer o dever de casa” e “brincar juntos”. “Obrigado por nos defender”, afirma outra criança, confirmando que os pequenos percebem a proximidade do Santo Padre e o compromisso com elas.

No vídeo, existem inclusive algumas saudações confidenciais como: “Olá, Papa Francisco”. Além disso, não faltou o clássico “Parabéns pra Você”, em uma versão cantada em inglês. Antes, porém, houveram alguns cumprimentos em espanhol, sinal da típica miscigenação social dos subúrbios romanos.

O trabalho da Associação Fonte di Ismaele

É da periferia de Roma que chegam essas mensagens, gravadas pela TV Telepace. Tudo começou no populoso bairro Tuscolano, onde está sediada a Associação Fonte di Ismael, que há alguns anos, trabalha ao lado das crianças.

A associação conta com a colaboração do Instituto Onlus de Medicina Solidária e da Caridade Apostólica. As crianças pedem: “Papa Francisco, venha receber os presentes que preparamos”, explica a dra. Lucia Ercoli, presidente da Associação Fonte di Ismaele.

Ensaios apesar da idade

No pacote que deve ser entregue ao Papa estão os seguintes presentes: o livreto intitulado ‘Ensaios apesar da idade’, com comentários das crianças sobre a Convenção de Nova York sobre os direitos da crianças, além de um broche e um moletom que representam os símbolos do magistério de Francisco e da Associação Fonte di Ismaele.

Por fim, há também o ‘Rádio Jornal Infantil – crônicas de bairros escondidos’, que é “uma iniciativa para enxergar o mundo através do olhar das crianças”, afirma Ercoli, especificando que o lançamento deve ocorrer em breve.

Ajuda para crianças com deficiência mental

“Um centro aberto a todas as crianças em situação de vulnerabilidade”, afirma dra. Lucia. A médica recorda que a estrutura da Associação se dedica sobretudo a crianças com deficiência mental e com dificuldades de linguagem.

“Todas – sublinha Ercoli – são acolhidas gratuitamente e os cuidados são prestados pelos voluntários. Desta forma, eles quiseram homenagear o Papa pelo valor que Francisco dá às crianças com seus ensinamentos”. A Fonte di Ismaele realiza uma valiosa ação de caridade, que se baseia exclusivamente em doações. “Elas nunca são poucas”, acrescenta Paolo Pelino, presidente do Instituto Onlus de Medicina Solidária, que lança um apelo para aumentar a caridade em apoio à causa.

Fonte: Site Notícias Canção Nova

Veja Também