Catequese se reinventa e dá continuidade aos trabalhos, à distância

0

Desde o início da pandemia do novo coronavírus vários setores da sociedade tiveram que se reinventar e na Igreja não foi diferente. Pensando em novos formatos e maneiras de relacionar-se, diversas paróquias buscaram formas de dar sequência ao trabalho de evangelização, um deles é o desenvolvido pela catequese.

A Catequese da Catedral Metropolitana de Juiz de Fora está realizando há algumas semanas encontros semanais on-line. De acordo com a coordenadora da Catequese, Luzia Helena Vale Fonseca, a ideia surgiu depois de contatos feitos com alguns pais. “Percebia na fala deles a necessidade de uma palavra de esperança, de apoio. Então depois de conversar com o administrador da Catedral, Padre José Anchieta Moura Lima, resolvemos fazer a Catequese da Esperança, com objetivo de levar a eles não só a palavra de Deus, mas esperança e conforto”.

Alguns eventos já foram realizados e disponibilizados de maneira totalmente virtual com a participação dos catequizandos. O trabalho será realizado dessa forma enquanto os encontros presenciais não puderem acontecer. Neste periodo não serão realizadas novas inscrições para a Catequese, apenas os já inscritos podem participar dos encontros.

Na Paróquia Nossa Senhora da Glória, a alternativa encontrada foi a criação de um perfil no Instagram. As Catequistas estão fazendo lives e postagens para as crianças. Buscando promover momentos de devoção, de contação de história, de oração, para que as crianças continuem sua formação.

A catequese para crianças na Paróquia Cristo Rei, tem sido feita através de vídeos no YouTube. Os vídeos são feitos por uma catequista, acompanhada de fantoche. Eles explicam assuntos de forma bastante didática, dentre eles a história de Nossa Senhora, a Ascensão do Senhor, a Trindade Santa.

Em Matias Barbosa, a proposta foi outra. As catequistas, de todas as comunidades pertencentes a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, estão enviando atividades para as crianças. Elas entraram em contato com os pais e eles fazem essa mediação. Com o retorno dado pelos pais são produzidos vídeos, que depois são divulgados no Facebook da paróquia.

Foto: Crianças da Paróquia N. Sra. da Glória

Nos vídeos, a paróquia sempre frisa o que diz o Catecismo da Igreja Católica. “Os pais são os primeiros responsáveis pela educação de filhos na fé, na oração e em todas as virtudes. Eles têm o dever de prover, na medida do possível, as necessidades físicas e espirituais de seus filhos.”

“A catequese não é uma aula; a catequese é a comunicação de uma experiência e o testemunho de uma fé que abrasa os corações, porque desperta o desejo de encontrar Cristo”, são palavras do Papa Francisco sobre este trabalho. Recordando-as e seguindo alinhadas ao lema do sínodo Arquidiocesano, que é “Proclamai o Evangelho pelas ruas e sobre os telhados” (Cf. Mt 10,27), as paróquias da Arquidiocese dão continuidade a missão da Igreja.

*Com informações do site da Catedral

Conteúdo Relacionado
X