Arquidiocese

Com pesar, a Arquidiocese de Juiz de Fora comunica o falecimento da Sr.ª Rita Cecília de Souza, mãe do Padre Sérgio Renato de Souza, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (18), em Santos Dumont (MG). O sepultado está marcado para as 16h, no cemitério municipal daquela cidade, onde seu corpo está sendo velado.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
A mobilização para as cerimônias de abertura do Ano Jubilar e Ano Mariano rumo ao centenário da Diocese já começou. O aniversário de 99 anos de fundação da Diocese de Juiz de Fora é celebrado em primeiro de fevereiro, mas sua festa será realizada no primeiro domingo do mês que vem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
São inúmeros os personagens que marcaram a história da Igreja de Juiz de Fora. Um destes que construíram um grande legado foi Monsenhor Burnier. Ele lutou pela evangelização e inclusão da comunidade surda, um nome importante a ser recordado, principalmente no atual tempo de preparação para o centenário diocesano.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Nesta terça-feira, dia 10 de janeiro, acontece a primeira Missa do Impossível de 2023. A celebração marca o início da novena à Nossa Senhora dos Impossíveis, uma devoção difundida na Arquidiocese pelo Padre Pierre Mauricio de Almeida Cantarino, atualmente pároco da Paróquia Santa Rita, do bairro Bonfim.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Na manhã desta quinta-feira, 5 de janeiro, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, enviou ao Papa Francisco uma carta de condolências pelo falecimento do Papa Emérito Bento XVI, recordando o funeral realizado na Praça São Pedro, presidido pelo Sumo Pontífice.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
A morte do Papa Emérito Bento XVI, na manhã do dia 31 de dezembro, mexeu com toda a Igreja. Desde a confirmação de seu falecimento pela Santa Sé, começaram a surgir ao redor do mundo manifestações de admiração e reconhecimento pelo papa alemão que conduziu a Igreja de Cristo por oito anos. Nos últimos dias, dois estudiosos da Arquidiocese de Juiz de Fora publicaram artigos em homenagem a Bento XVI.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email