Avivamento para Casais Arquidiocesano acontece em Juiz de Fora

0

55 casais se reuniram na Cúria Metropolitana para o 1º Avivamento de Casais Arquidiocesano, promovido pelo projeto Casais Renovados. Durante o dia os participantes contaram com orações, pregações, testemunhos, louvor, adoração e confissões. O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, celebrou a missa de encerramento do encontro. “A família hoje anda muito bombardeada, com muitas ideologias e informações às vezes anticristãs. Então, não é apenas o nosso direito de passar aquilo que cremos , o que a história de 2 mil anos já comprovou como benefício, mas nosso dever de evangelizar as famílias, para que elas possam evangelizar os filhos e proteger a sociedade contra tantos horrores que ameaçam a célula de toda sociedade.”

Padre Renato Alves Rodrigues é Diretor Espiritual do grupo. Para ele o momento foi uma oportunidade dos casais fazerem uma reflexão sobre o papel que exercem no mundo. “O encontro para casais é para prestigiar as nossas famílias que estão precisando da presença de Deus.  O encontro de hoje traz para nós, como está na liturgia do dia, o convite para sermos sal e luz do mundo. Que as famílias possam ser para o mundo este sal e luz, que possam irradiar este amor de Cristo. A família é a célula mãe da sociedade, é a Igreja doméstica. “

Bruno Lopes de Carvalho, coordenador do projeto, recordou o desejo em realizar este evento a nível arquidiocesano. “O encontro foi uma realização de um desejo. Nós havíamos feito este avivamento nas paróquias e comunidades e queríamos iniciar este ano com uma proposta diferente, com o Avivamento Arquidiocesano. A proposta foi acolher casais de outras paróquias em um único avivamento, fazer este gesto de unidade entre as nossas Igrejas locais, para que todos os casais pudessem participar. ”

Durante a Homília, Dom Gil destacou a importância do sal no mundo. “É diferente uma comida que é temperada com  sal e sem ele. Quando eu fui operado, fiquei 40 dias sem saber o que era sal, pois os médicos tiraram todos os temperos. Nós não percebemos o que é uma vida sem sal ! O sal dá gosto, sabor, torna na medida certa o alimento mais agradável. Nosso Senhor hoje diz, “Vós sois o sal da terra.”

O Pastor lembrou ainda que Deus se importa com quem vive uma vida semeando a paz e o amor. “ O que ele pretende é que sejamos pessoas que semeiam o gosto de viver. Como é bom o lugar onde se tem prazer em viver! Uma família em paz, que tem Deus e que sente a presença de Jesus é uma família gostosa de viver. Mas, se não houver este tempero espiritual, vai ficar muito difícil de se viver em casa. ”

O Arcebispo pediu aos presentes para terem cuidado com as armadilhas do demônio que quer destruir as famílias. “Ele entra e tira todo o tempero da família. Desta forma começam as brigas, ciúmes, perseguições, maledicências e desconfianças. Tudo isso são obras do maligno que quer destruir o sal da família que é a presença de Deus, que gera paz, harmonia e coragem.”

As fotos do encontro estão disponíveis em nosso facebook. 

Conteúdo Relacionado
X