Assembleia do Celam: Encontro recebe mensagem do Papa Francisco e recorda intuições do quadriênio

A 39ª Assembleia Geral Ordinária do Conselho Episcopal Latino Americano e Caribenho (Celam) foi aberta na manhã de terça-feira, 16 de maio, em Porto Rico. Na sessão de abertura, o arcebispo de Trujillo e presidente do organismo continental, dom Miguel Cabrejos Vidarte, recordou intuições do quadriênio como a escuta do povo de Deus no contexto sinodal. Também no primeiro dia de encontro foi apresentada a carta do Papa Francisco à assembleia, com votos de “abundantes frutos em favor da Igreja que peregrina na América Latina e no Caribe”.

Escuta e sinodalidade

Dom Miguel Cabrejos insistiu em sua fala inaugural que escutar o Povo de Deus é escutar verdadeiramente o que o Espírito diz à Igreja. Segundo ele, a opção de escutar, consultar o Povo de Deus depende deste redescobrimento e “a escuta recíproca é o elemento constitutivo de uma Igreja sinodal”.

Dom Cabrejos destacou que a atual etapa eclesial pode gerar um novo modo de proceder na Igreja, que tenha sempre seu ponto de partida e também seu ponto de chegada no Povo de Deus, porque “somos um, trabalhamos juntos e estamos em missão permanente, enviados por Cristo”.

Refletindo sobre o tema da assembleia, ressaltou que a comunhão, a eclesialidade e a sinodalidade na América Latina e no Caribe “oferecem a oportunidade de enriquecer sua própria identidade como Igreja, contextualizar a Sinodalidade dentro da Igreja e fazer da sinodalidade uma realidade verdadeiramente autêntica” na vida eclesial.

Mensagem do Papa

Por meio do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, o Papa Francisco enviou uma mensagem ao presidente do Celam por ocasião da 39ª Assembleia Geral Ordinária do organismo continental.

Francisco desejou “que essa Assembleia renda abundantes frutos em favor da Igreja que peregrina na América Latina e no Caribe, para que esteja sempre disposta ao serviço, sobretudo dos pobres e descartados, discernindo as inspirações do Espírito Santo, em sinodalidade com todo o povo santo de Deus”.

Balanço e agradecimento

No decorrer do dia, foram apresentados balanços das ações do Celam nos últimos quatro anos, com destaque para a renovação e reestruturação do Conselho. Esses processos foram traduzidos na criação dos quatro Centros Pastorais (Centro de Gestão do Conhecimento, Centro de Programas e Redes de Ação Pastoral, Centro de Formação – Cebitepal e Centro para a Comunicação) e na conclusão das obras e inauguração da nova sede do Celam, em Bogotá, Colômbia, no ano de 2022. Também ganharam destaque a I Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe e o processo do Sínodo 2021-2024.

Ao final do dia, durante a celebração eucarística, dom Miguel Cabrejos manifestou gratidão, alegria e reconhecimento sincero pelas inúmeras contribuições recebidas das diferentes instâncias da Igreja univesal à gestão da atual presidência do Celam.

Fonte: Site da CNBB

Veja Também