Arquidiocese de Juiz de Fora participa do II Seminário Sanando as próprias feridas

0

Está acontecendo, de forma on-line, o II Seminário Sanando as próprias feridas. Realizado pela Comissão Especial de Proteção da Criança e do Adolescente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), e o Núcleo Lux Mundi, o seminário conta com a presença e assessoria de professores brasileiros, bem como de um Grupo de Trabalho da “Pontifícia Comissão de Proteção do Menor”, sediada em Roma.

A Arquidiocese de Juiz de Fora participa do curso com a Comissão Diocesana de Tutela de Menores. O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, falou em entrevista à Rádio Catedral sobre o Seminário. Ele explicou que esta formação é especifica para bispos e comissões de diversas dioceses. Também contou que, em nossa Arquidiocese, a comissão foi formada há um ano e conta com religiosos, médicos, advogados e padres.

Segundo ele, o curso atende o pedido do Papa Francisco, de conversão e promoção de ações concretas, expresso na Carta Apostólica “Vos Estis Lux Mundi”.  “É um curso de muita importância para todos os bispos os leigos que compõem a comissão diocesano de tutela de menores. O que é isso? O Papa Francisco, para proteger a Igreja contra abusos de menores, ele mandou criar, em cada diocese, um serviço próprio de acolhida de denúncia. A comissão estuda a veracidade dela e encaminha a solução indicada pelo direito canônico.

Dom Gil Antônio Moreira pede que rezemos para que este mal se mantenha distante de nossa Igreja. “Quero pedir oração de todo o povo, para que nosso Senhor nos ilumine para evitar essa ação diabólica, que, às vezes, quer minar a Igreja”.

O II Seminário Sanando as próprias feridas segue sendo realizado de maneira remota na noite desta sexta-feira (9), e vai até sábado, dia 10 de abril.

Fonte: Site da Rádio Catedral

Conteúdo Relacionado
X