Arcebispo se reúne com representantes das Escolas Católicas para conferir andamento dos jogos

O evento esportivo que reúne sete das 12 instituições de ensino confessionais de Juiz de Fora chegou na metade do torneio. Já foi possível o envolvimento de grande parte do corpo docente e discente, com duas modalidades já foram finalizadas. Em vista disso, o Arcebispo Metropolitano se reuniu com os organizadores da segunda edição dos Jogos das Escolas Católicas para uma avaliação.

Na noite da última quarta-feira (27), no prédio da Cúria Metropolitana, Dom Gil Antônio Moreira se encontrou com representantes das escolas participantes do evento para saber sobre a repercussão dos jogos em cada colégio.

Oração do Pai Nosso antes do início do jogo

Segundo o Arcebispo, a avaliação é bastante positiva. “É muito bom porque faz uma integração entre os alunos, corpo docente, pais… se estabelece uma verdadeira comunidade na rede católica de ensino da nossa arquidiocese. A gente fica muito feliz de ver esse crescimento, porque os jogos ajudam esse crescimento físico, mas também estabelecem uma boa relação entre todas as pessoas”, comentou ele.

O Diretor do Colégio Resgate e membro da Pastoral da Educação, Daniel Ribeiro corrobora com tal visão.  “Está sendo uma alegria muito grande. Uma participação intensa dos alunos, uma movimentação interna de cada escola, principalmente das escolas anfitriãs, que recebem os jogos. Durante a semana, cada escola recebe um boletim informativo, isso tá sendo enviado pela imprensa também…”, explicou ele.

Entre os relatos sobre o andamento dos jogos, o Arcebispo soube sempre há oração antes das competições e que os colégios Jesuítas e Carmo ganhar as primeiras medalhas: Handebol masculino e basquete feminino – vitória do Jesuítas; e Handebol feminino e basquete masculino – vitória do Colégio do Carmo. Além disso, os presentes começaram a programar a festa de encerramento, que está prevista para o dia 23 de junho.

Veja Também