19 de abril de 2021

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário, localizada no Bairro Granbery, em Juiz de Fora, iniciou uma campanha em prol da reforma do telhado de sua Igreja Matriz. Segundo vídeo divulgado nas redes sociais, essa estrutura do templo, que tem mais de 110 anos e é um patrimônio tombado do município, está cedendo. Além disso, há infiltrações e goteiras e algumas madeiras estão infestadas de cupins.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Na manhã do último dia 18 de abril, o Arcebispo de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a Missa do 3º Domingo da Páscoa na Catedral Metropolitana. O Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, e o Administrador da Catedral, Padre José de Anchieta Moura Lima, concelebraram com o Pastor. O Diácono Permanente Antônio Valentino da Silva Neto serviu ao Altar.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Jesus não é um “fantasma”, mas uma Pessoa viva. Ser cristãos não é antes de tudo uma doutrina ou um ideal moral, é uma relação viva com Ele, com o Senhor Ressuscitado: foi o que disse o Papa Francisco na alocução que precedeu o Regina Coeli, a oração do tempo pascal. Neste 18 de abril, Francisco voltou à janela do Palácio Apostólico com vista para a Praça São Pedro de onde rezou com fiéis a oração mariana.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
No último sábado, 17 de abril, a Prefeitura de Juiz de Fora publicou um decreto em que anuncia o retorno do município à Faixa Vermelha do programa municipal de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Entre as determinações, está a autorização das atividades nas igrejas com lotação 30% de sua capacidade e funcionamento livre, ou seja, retorno das missas diárias.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Entre os testemunhos da ressurreição de Cristo, um dos mais belos é o dos discípulos de Emaús. O fato está registrado no capítulo 24 de São Lucas. Narra que dois discípulos, cheios de tristeza, desilusão e totalmente desanimados, estavam voltando para sua casa, que ficava na zona rural, a 11 km de Jerusalém. No caminho, Jesus se une a eles, fala-lhes ao coração e, por fim, se dá a conhecer ao partir o pão.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email