JMJ2016: Meio milhão na abertura da festa mundial dos jovens católicos

0

*Com informações da Agência Ecclesia

A cidade de Cracóvia, na Polônia, acolheu nesta terça-feira (26) a missa que marcou o início da 31ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um dos maiores eventos internacionais promovidos pela Igreja Católica. Segundo a organização polaca, cerca de 500 mil jovens participaram na celebração, sob a presidência do arcebispo de Cracóvia, cardeal Stanislaw Dziwisz, antigo secretário particular de São João Paulo II (1920-2015), o fundador das JMJ.

O responsável recordou na sua saudação inicial aos participantes o sacerdote francês que foi assassinado esta manhã, numa igreja próxima de Rouen, num atentado já reivindicado pelo autoproclamado Estado Islâmico.

D. Stanislaw Dziwisz ainda falou depois aos jovens católicos de mais de 185 países, dos cinco continentes. “Vocês trazem muitas experiências, têm muitos desejos, falam muitas línguas. Mas partir de hoje nós vamos conversar no idioma do Evangelho. É uma língua de amor. É uma língua de fraternidade, solidariedade e paz”, declarou.

O cardeal de Cracóvia deu as boas-vindas à “cidade de Karol Wojtyla”, São João Paulo II, que ali foi arcebispo antes da eleição pontifícia. “Bem-vindos à cidade onde de modo muito especial podemos experimentar o mistério e o dom da Divina Misericórdia”, acrescentou.

No início da celebração, as relíquias de São João Paulo II e de Santa Faustina Kowalska foram levadas até ao altar, em procissão; na mesma ocasião, chegou ao fim a peregrinação da ‘Chama da Misericórdia’, no parque de Blonia, após percorrer lugares significativos da vida de Karol Wojtyla.

Os eventos ao ar livre, no Parque de Blonia, são abertos a todos os que quiserem participar e deverão reunir mais de 1,5 milhões de pessoas no sábado e domingo, com a presença do Papa Francisco.

Arquidiocese de Juiz de Fora na JMJ 2016

Vale lembrar que mais de 60 jovens da Arquidiocese de Juiz de Fora participam da Jornada Mundial de Juventude em Cracóvia. O grupo, composto por peregrinos de diversas paróquias, estão acompanhados dos padres Ivair Carolino e Moisés Coelho, além do arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, que concelebrou a missa de abertura da Jornada nesta terça-feira (26).

Segundo a CNBB, dos 600 mil jovens inscritos na Jornada Mundial da Juventude, aproximadamente sete mil são brasileiros. O Brasil também é representado por 28 bispos, além de cerca de 150 voluntários que estão participando da organização da JMJ.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X