Domingo de Ramos marca início da Semana Santa em nossa Arquidiocese

0

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, celebrou a Missa de Ramos, na Catedral Metropolitana. Concelebraram o Monsenhor Luiz Carlos de Paula, o Padre José de Anchieta Moura Lima, Padre Antônio Pereira Gaio e o Padre Danilo Celso de Castro. Os Diáconos Valdeci Silva e Antonio Valentino da Silva Neto serviram no altar.

Pelo segundo ano consecutivo a Semana Santa acontece durante a pandemia da Covid-19, porém, os fiéis puderam participaram da celebração de Ramos respeitando as regras de distanciamento social, cumprindo todos os protocolos de segurança como o uso de máscaras, aferição de temperatura e álcool gel.

O Arcebispo iniciou a celebração com a bênção dos Ramos. Com o crucifixo sendo levado à frente, Dom Gil entrou na Catedral com Padre Anchieta, aspergindo os ramos dos fiéis. Em seguida, o Pastor ajoelhou-se na capela para um momento de oração. Em entrevista, Dom Gil falou sobre o momento que marca o início da época mais importante para os cristãos. “Hoje celebramos o Domingo de Ramos, a abertura da Semana Santa, recordando a entrada de Jesus em Jerusalém e as celebrações da Paixão do Senhor. Essa semana é a mais importante do ano pois nós celebramos os ministérios da nossa fé. Infelizmente, com a pandemia, não podemos celebrar como gostamos, mas as pessoas podem acompanhar de casa.”

O Pastor disse também sobre a forma como os fiéis podem participar assistindo de suas casas. “De segunda à sábado as cerimônias serão fechadas, mas transmitidas, todos podem acompanhar de seus lares. Também coloquem um sinal externo: de segunda a quarta-feira um pano roxo ou uma cruz, na quarta-feira um pano vermelho com uma cruz e uma coroa de espinhos e no sábado e domingo a cor branca com elementos festivos de nossa Páscoa. Nós somos o povo da Páscoa, o povo que vence o mal para gozar da vida feliz que Deus preparou para nós!

12 anos de Dom Gil em nossa Arquidiocese 

Durante a Missa, Dom Gil convidou o professor e ex-pastor protestante, Eduardo Faria, para dar testemunho de sua conversão ao Catolicismo e realizar a sua Profissão de Fé. Os fiéis se emocionaram com o relato do professor e o acolheram com uma salva de palmas. O Arcebispo também foi aplaudido e presenteado pelos seus 12 anos como Pastor da Arquidiocese de Juiz de Fora, como conta Padre Anchieta. “Hoje nós tivemos uma belíssima celebração. Além de comemorarmos o aniversário de 12 anos de Dom Gil em nossa Arquidiocese, celebramos uma grande festa. Podemos dizer uma grande festa pois o povo pôde estar conosco, pelo menos neste domingo, participando da celebração de Ramos e da paixão do Senhor na abertura da Semana Santa.” Disse Padre Anchieta

Dom Gil agradeceu o carinho e as orações por seu Arcebispado e deu graças por esse tempo de dedicação em prol do povo de Cristo. “Aqui estou com muita alegria, dedicando o máximo, dentro dos meus limites, por essa Igreja que aprendi a amar e gostar. São 91 paróquias e 37 cidades que compõem a Arquidiocese de Juiz de Fora. Quero aproveitar para agradecer a Deus pelas graças concedidas, peço perdão a ele pelas minhas falhas e agradeço o povo que anda conosco com tanta firmeza e dedicação, clero e povo, que Deus abençoe a todos para que possamos prosseguir nesta caminhada até o dia em que ele determinar.”

No final da celebração os fiéis foram convidados a assistir ao documentário que mostra a história da Catedral e a restauração das pinturas internas, como explica Monsenhor Luiz Carlos. “Tivemos a alegria do lançamento da restauração da nossa querida Catedral que ficou tão bonita! Uma obra realizada durante vários anos com a participação do povo. As pessoas sempre ajudando com muito empenho, alegria e dedicação, sabendo que estavam participando de algo bonito, um presente que recebemos de Deus.”

O documentário está disponível para ser assistido no Youtube. As fotos da Santa Missa podem ser encontradas no facebook da arquidiocese.

Conteúdo Relacionado
X