Coronavírus: Dicastérios vaticanos abrem de acordo com as normas

0

A emergência coronavírus não para as atividades da Santa Sé e da Cidade do Vaticano. Dicastérios e organismos permanecerão “abertos para garantir os serviços essenciais à Igreja, em coordenação com a Secretaria de Estado”. Foi o que estabeleceu, nesta quinta-feira (12), o vértice da Cúria Romana durante uma extraordinária reunião interdicasterial, realizada na Antiga Sala do Sínodo e presidida pelo cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin.

Identificar os serviços essenciais

Num comunicado, a Sala de Imprensa da Santa Sé informou que o trabalho dos dicastérios prossegue, “respeitando” as normas de saúde e os “mecanismos de flexibilidade no trabalho”, estabelecidos nos últimos dias. Um documento da Secretaria de Estado, divulgado no final da reunião, ressalta a “evolução da situação emergencial de saúde”, convidando as “Entidades da Santa Sé ou a ela relacionadas, bem como o Governatorato da Cidade do Vaticano a “identificar os serviços e posições essenciais a fim de garantir seu funcionamento mínimo”.

Trabalho deslocado

O documento faz um balanço do ponto de vista normativo sobre o recurso ao “trabalho deslocado”, uma forma de trabalho dependente a ser entendida “sem restrições específicas de horário ou local de trabalho, com o uso de instrumentos tecnológicos para o desempenho do trabalho”.

*Fonte: Site do Vatican News

Conteúdo Relacionado
X